terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Danyahu na cova dos leões

Danyahu 14..

Danyahu na cova dos leões — 14;31Eles o atiraram na cova dos leões, onde esteve durante seis dias. 32 Ora, havia
na cova sete leões, aos quais se davam diariamente dois corpos e duas ovelhas. Então, porém, não se lhes
deu nada, a fim de que devorassem a Danyahu. 33Entretanto, o profeta Habacuk estava na Yahdayah. Ele havia
acabado de cozinhar um caldo e de dividir pães em pedaços numa cesta, e se dispunha a ir ao campo a fim,
de os levar aos ceifeiros. 34Disse então o malach de Yahveh a Habacuc: "Leva a refeição que tens até Babilônia,
à cova dos leões, para Danyahu". 35Retrucou Habacuk: "Soberano, nunca vi Babilônia, e não conheço essa cova!"
36Mas o malach de Yahveh, segurando-o pelo alto da cabeça, transportou-o pela cabeleira até Babilônia, à beira.
da cova, na impetuosidade do seu Rukha. 37Gritou então Habacuk, dizendo: "Danyahu!! Danyahu!! Toma a
refeição que Yahveh te enviou!”38E Danyahu disse: "Tu te recordaste de mim, ó Yahveh, e não abandonaste os que.
te amam". 39Depois, levantando-se, Danyahu comeu. Entretanto, o malach de Yahveh, imediatamente reconduziu.
Habacuc ao seu lugar. 40No sétimo dia, o rei veio chorar Danyahu. Chegou à beira da cova e olhou, e eis que.
Danyahu estava sentado, tranquilo entre os Leões. 41Clamando então com voz forte, O Rei exclamou: "Tu és grande, ó Sobero, Yahveh de
Danyahu, e não há outro além de ti!”42E mandou retirá-lo”. Quanto aos culpados pelo perigo em que incorrera,
ele os fez precipitar na cova. E foram devorados num instante, diante dele.

domingo, 3 de dezembro de 2017

A CASA DO RUKHA KADOSH.

A CASA DO RUKHA KADOSH... É EDIFICADA NESSE FUNDAMENTO!!

 

Hebreus 3; 4 Porque toda a casa é edificada por alguém, mas o que edificou todas as coisas é ‘Yahveh.!
1ª kefah-pedro-2; 5 Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a yahveh por Yahshuah  hamashyah.
Efésios 2; 20 Edificados sobre o fundamento dos emissários e dos navys, de que Yahshuah  hamashyah. é a principal pedra da esquina; 21 No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no eterno Y’H’W’H’. 22 No qual também vós juntamente sois edificados para morada de ‘yahveh em Rukhah kadosh.
“... destruam este mischan=templo, e em 3 dias eu o levantarei", mas, o templo do qual ele falava era seu corpo; Yahanam=João, 2,18-21; Foram as palavras de Yahshuah aos yahudim=judeus. Mais tarde shaul hashaliach=Paulo apostolo afirma que o templo novo de Yahveh, a partir da morte e ressurreição de Yahshuah  hamashyah.; seria a sua kehilah=igreja fiel...dizendo que...vós sois o templo de Yahshuah...e o templo de   Yahshuah  hamashyah que sois vós é kadosh...Porque...vós sois o corpo do mashyah...e o templo do Ulhim (Ulrrim) vivo.1ª Corintios 3; e 12,27.
O processo de adoração ao Altíssimo na bryt hadashah é espiritual, e não mais na carne como o era na Tanakh.
Esclarecendo isso Yahshuah disse... a hora vem, em que nem nesse monte nem em Jerusalém adorareis o pai... Mas vem a hora, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai, em espírito e em verdade. Yachonam=João 4, 21,24.
E isso por que... o Eterno não habita em templos feitos por mãos de homens... 1 ª Reis 8,27; Atos 7,48 e rfs. Por isso Shaul completou escrevendo... não sabeis vós que sois o templo de Yahweh...e vós juntamte sois edificados para morada de Yaweh em espírito; 1 ª Corintios 3,16. e refs. Efésios 2,22O tema é amplo, aqui é apenas um pequeno esboço dele; mas nunca será construído um novo templo La em Jerusalém, porque não está na cadeia profética do espírito de profecia. O novo templo depois do mashyah é o seu povo santo que é o templo... a cidade do Ulhim (Ulrrim) vivo Yahshalaym   celeste universal assembleia dos primogênitos que estão inscritos no céu. Ou a Morada do Eterno... Hebreus 12, 20-23
Assim...
heb-13; 10 Temos um altar, de que não têm direito de comer dele os que servem ao tabernáculo.


Ivonil ferreira de carvalho

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

YAHSHURUM...novo

ORIGEM E SIGNIFICADO DO NOME...YAHSHURUM...
Provérbios 3.6

6 Reconhece-o em todos os teus caminhos e Ele endireitará [hebraico, yashar] as tuas veredas....

Endireitar [hebraico, Yashar]: Estar direito, ser correto, honesto, agradável, bom.


Yashar aparece aqui neste verso em sua forma intensiva e significa "tornar direito ou correto". YHVH irá corrigir o caminho dos seus servos fiéis e devotos. Deste verbo vem o substantivo YOSHER, que significa INTEGRIDADE, como no Salmo 119.7. Yov(Jó) é descrito como sincero e reto; Yov [Jó 1.1]. A promessa de YHWH a Ciro era dos caminhos tortos serem endireitados Yahshayahu[Isaías 45.2].
Por fim, de Yashar vem o nome poético "Yesurum" [o reto], um nome sempre aplicado a Israel como nação  de YHWH [Deuteronômio 33.5; Isaías 44.2].

Tehilim(Salmo) 119.7
7 Render-te-ei graças com integridade [hebraico, Yosher] de coração, quanto tiver aprendido os teus retos juízos.

Yov(Jó) 1.1

1 Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Yov(Jó;) homem íntegro e reto [hebraico, yashar], temente a YHWH, e que se desviava do mal.

Yahshayahu(Isaías) 45.2

2 Eu irei adiante de ti, endireitarei [hebraico, yashar] os seus caminhos tortuosos, quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei as trancas de ferro;

Deuteronômio 33.5

5 E tornou-se rei em Yesurum [hebraico, Yashurum. Originário da raiz, yashar-Integro,  reto], quando se congregaram os cabeças do povo juntamente com as tribos de Israel.

Yahshayahu(Isaías 44.2).
2 Assim diz o Soberano  que te criou e te formou desde o ventre, e que te ajudará: Não temas, ó 
Ya´akov (Jacó,) servo meu, e tu, Yeshurum , a quem escolhi.

Portanto, o nome YS  RA  EL...é um nome falso e blasfemico...


Ya´akov, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu. Bereshit(Gênesis) 32:24

E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Ya´akov, lutando com ele. Bereshit(Gênesis) 32:25.

Era como se Ya´akov dissesse: "Eu preciso da tua benção, pois aquela benção que eu roubei, quando eu tentei ser abençoado por meus próprios meios, quando eu tentei dar uma "ajudinha" a Yahveh, aquela "benção" tem me custado muito caro."E na sua luta com o Malach (Anjo,) de Yahveh. As palavras de Ya´akov: "não te deixarei ir, se não me abençoares", eram de imensa profundidade. Traziam em si o significado de toda a sua história.

E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares. Bereshit(Gênesis) 32:26

E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Ya´akov(Jacó.) Então disse: Não te chamarás mais Ya´akov(Jacó,) mas Yahshurum pois como príncipe lutaste com Ulrrim e com os homens, e prevaleceste. Bereshit(Gênesis )32:27-28
jacó lutou com o anjo



"Local onde  Ya´akov  lutou  com  o Malach  de Yahveh"
o rio jaboque
"O Rio Jaboque nas Montanhas de Gileade, Atualmente a Jordânia."



Ivonil  ferreira  de carvalho-jatai-goias-Brasil

VISÃO DE DANYAHU(DANIEL) 7 E A BESTA 666-novo

A VISÃO DE DANYAHU(DANIEL) 7 E A BESTA 666


Resultado de imagem para estatua e  os  quatros animais  d e Daniel


FALOU  DANYAHU (DANIEL)...EU ESTAVA OLHANDO 
 NA

MINHA  VISÃO  DA  NOITE; E EIS  QUE  
OS  QUATRO  VENTOS  DO CÉU  COMBATIAM  NO 
 MAR  GRANDE;  E  QUATRO  ANIMAIS  GRANDES
DIFERENTES    UNS  DOS  OUTROS SUBIAM  DO MAR.
O 1º ERA  COMO UM LEÃO E TINHA ASAS DE ÁGUIA;
O 2º  ERA  SEMELHANTE A UM URSO, COM  três COSTELAS  NA BOCA.
O  3º  ERA  SEMELHANTE  AO  UM LEOPARDO, COM quatro CABEÇAS E quatro ASAS.
O  4º  ERA  DIFERENTE  E TERRÉVEL  COM 10 CHIFRES; DANYAHU=DANIEL 7.


LEÃO ALADO=BABILÔNIA.


 Esta  foi à primeira  das  magníficas visões  que  teve  o  navy=profeta Danyahu=Daniel   no cativeiro  dos hebreus  em Babilônia durante 70 anos.
Ao todo o livro  de Danyahu=Daniel  registra   5  revelações  mostradas  ao profeta  vidente, nesse período. Além dessa, a primeira,  e que  vamos    mostrar nesse comentário.  E  que foi  trazida  ao  navy=profeta  no 1º  ano de Beltsazar  rei  de Babilônia  por  volta  do ano "556 antes  do Mashyah”. O  livro  de Danyahu=Daniel  relata  ainda,  uma série  de revelações  envolvendo  mistérios    lindos  em simbologia!
Das  4  visões  posteriores  que  o  navy=profeta  teve; 3,  as  dos capítulos 9 e 10  e 11  foram  lhe  mostradas, dentro  do mesmo  ano "538" antes  do Mashyah".  Nos  reinados  de  Ciro  rei  da Pérssia, e Dario  rei  dos  medos;  as  3  ultimas, portanto.   Já  a do  capitulo  8,   ele  recebeu  no  3º  ano  de Beltsazar  rei  de babilônia,  nos  anos 556  e 553 "antes  do Mashyah."  E 3 também no reinado  de Ciro  rei  da Pérsia e de Dario  rei  dos  medos  em 538 "antes  do Mashyah"   18  anos  depois  de ter  visto a 1ª  narrada  no capitulo 7.
Na  visão  do capitulo 7 que estamos estudando; Danyahu=Daniel viu  que... os  4  ventos...combatiam  no  mar  grande, e 4 animais   grandes, e diferentes uns  dos  outros, subiam do mar; Dan, 7,2-4.  Vento na profecia simboliza "guerras, comoções, e agitações; habakuk 1,6-11. Yahmyahu=Jeremias  4,11,-13.  Mar,  representam "povos  nações  e línguas" Gilyahna(Apo) 17,15; e refsAnimais  ou  bestas,  representam  reinos.
Portanto,  esse  relato   profético  mostra  que  as nações se agitariam  em  guerras,  e 4 reinos sucessivos  um  após  outro,  se levantariam  na  terra.
 O 1º  Animal um  Leão  alado, com um  coração de homem;  Um  retrato fiel  do  reino  de Babilônia, que com a  força  de leão e a rapidez  de Águia, conseguiu  montar um   poderoso  império  mundial  ao derrotar  os  assírios  em 606  "antes  do Mashyah".  O  Leão com  um coração  de homem mostra  muito  bem  a  pujança  de Nabucodonosor  ao organizar esse império  grandioso.
As  asas indicam a rapidez  das  conquistas  desse  rei; Anteriormente anunciadas  por  Habakuk 1,6-8.  O  reino de Babilônia  ilustrado aqui  por  um Leão alado manteve  o  seu domínio  mundial  desde  606  até 538  "antes do Mashyah".  Quando  foi tomado  pelos  medos-persas,  na  batalha   em que... naquela  noite  foi  morto Beltsazar rei  dos  caldeus...e  Dario  o medo  foi colocado  por  Ciro  rei  da Pérsia  como  vice rei,,,Dan, 5,30,31; Yshayahu=isaias 21,12-14O reino de Babilônia  durou  portanto  67  anos.
"os jardins  suspensos  de Babilonia;   de martin  heeskerec;"

Urso com três costelas na boca e levantado de um lado"


O 2º  animal  da  visão, Um Urso  levantado  de um lado e com  3  costelas  na  boca... e foi  lhe dito que  devorasse  muita  carne (v 5)  Uma  alegoria  adequada  do  reino  Medo-Persa,  que  embora  menos poderoso  do que Babilônia, foram muito  mais  cruéis  e sanguinários. O  lado  mais  alto  do urso  mostra  os persas,  que acabaram  dominando  também  os  medos.  As  3 costelas  na  boca  do urso, indicavam  as  3  principais   presas  dos medos-persas.  Babilônia, e  Líbia  e       o  Egito.  Esse  reino  vigorou  cerca  de 200  anos,  de 538 a 331 "antes  do Mashyah."
Quando  foi  tomado  por Alexandre Magno  rei  da Grécia,  na  batalha  de Arbela  no  ano 331. O reino  medo-persa  é  também  ilustrado  por  um  carneiro  com  2 chifres  no capitulo  8.
Urso império medo-persa.

http://thumb.mais.uol.com.br/14934139.jpg?slide=55

O 3º Animal... Um Leopardo  com  4  cabeças  e  também 4 asas.
Eis  aí,  um  quadro  preciso  do império  grego,  o Leopardo  por  sí, já é um  animal ágil; ainda  por cima  com 4 asas. Revela      as assombrosas  conquistas  de  Alexandre  Magno  (o grande)  rei  da  Grécia.  Que  em apenas 12  anos,  conseguiu  montar um  dos maiores  impérios  da antiguidade.  No 1º  Livro  dos Macabeus, encontra  um  breve  relato  das  conquistas  desse   rei... quando Alexandre  Magno  filho de Felipe  da macedônia...derrotou  Dario  rei dos  medos,  no  ano 331...antes da era  do Mashyah; e ficou a reinar em seu lugar.  deu-se  muitas  batalhas,  tomou  fortalezas, e matou  muitos  reis  da terra que lhe  resistiram.  Passando  até  as extremidades  do mundo! Apoderou-se  dos  despojos  de   muitas  nações, e toda         a terra emudeceu  diante  dele.  reuniu  um exercito   muito  poderoso... tornou-se senhor  de províncias, nações  e reis  que ficaram  sendo  seus  tributários; "Macabeus 1.
"leopardo com 4 asas e 4 cabeças=Grécia"

O  reino   universal  dos  gregos, durou aproximadamente 170  anos.  De 331  a 168  "antes  do Mashyah" quando foi  tomado  pelos romanos  na batalha  de pidna;   Alexandre Magno  começou a reinar  na macedônia  no  ano 336; Tendo  morrido no dia  11  de Junho de 323 "antes  do Mashyah," com  33  anos de idade,  depois  de 30 dias  de  febre ininterrupta devido a uma infecção  provocada  por uma ferida  de uma  flexa inimiga.
E  como  não  tinha  filhos,  seu reino  foi dividido por  ele  ainda  em
Vida, aos seus  4 generais  e companheiros  de
batalhas... CASSANDRO...LISIMACO...FTOLOMEU...E  SELEUCO.


    

  O 4º ANIMAL  O IMPERIO ROMANO.
Todos  os  3  animais  anteriores  Daniel  conhecia; , no entanto,  o 4º  animal era  completamente desconhecido pelo profeta.
"terrível  e espantoso" E Danyahu=Daniel teve  o desejo  de  saber  a verdade  sobre ele. E  o  malach=anjo   encarregado lhe  trouxe a explicação... o 4º animal será  o quarto  reino  na terra,  o qual   será  diferente de todos  os  outros; E devorará  toda  a terra; a       pisará     aos  pés, e fará em pedaços...quanto  aos  10  chifres,  desse  mesmo reino  se levantarão  10  reinos; (vs 23,24




"Quarto  animal terrível=Império romano" que se dividiu  em 10  reinos"
Percorrendo  os  anais  da historia  desse  mundo chegamos  fácil ao 4º reino  na  terra,  o monstruoso império  romano.  Denominado  por  muitos  historiadores como o império  de  ferro  da antiguidade.  Não  poderia  haver  uma  descrição  profética  mais  exata  desse  império,  como  o  foi aqui.  Como  um  monstro  de  ferro e metal,  Roma estendeu  o seu domínio  sobre  os quatro  cantos  da  terra. massacrando  os  que  se  lhe opunham.

"O domínio  do império romano"

Consolidando-se,  numa férrea  monarquia.  O 4º  animal era, portanto,  uma ilustração  do antigo  e cruel  império romano.  Que  governou  o  mundo  com  garras   de  ferro  de 168 "antes  do Mashyah"  a 476 "era  do Mashyah-(644 anos)." Quando  foi  dividido  em 10  novos reinos   pelos  bárbaros  do  norte  ad Europa; Simbolizados  pelos 10 chifres  do  4º animal.
Exatamente  como  foi  descrito  na palavra  profética. Assim  a historia  mostra  que  o   império  romano,  não  foi  tomado  por  outra nação,  e sim, dividido  em 10 reinos. As  guerras bárbaras  que ocasionaram  a queda  do império  romano, é  prefigurada  nas profecias  das  4  primeiras  trombetas, e também, pelas  4 primeiras pragas  de Gilyahna=Revelação.
Surgindo  dessa  divisão  os 10  reinos europeus, ilustrados  pelos  10  chifres do 4º animal,  e também  pelos  10  chifres da  besta  de Gilyahna=Revelação 17. Ao contemplar a  visão do 4º  animal; Além dos 10  chifres e seu aspecto  terrível!
Houve  outro detalhe curioso e interessante   nele,  que  despertou  a atenção  do profeta.  Um chifrinho  pequeno  que  nasceu  entre  os 10 e cresceu  muito... e  tinha  olhos e  uma  boca  que  falava  grandes  coisas... quebrando  3  dos 10 chifres do animal...O vidente  em extremo adimirado  daquela  visão   tremendamente  extraordinária; Exclamou! "quanto  a mim... as  visões   da  minha  cabeça  me perturbaram (v 15).
Entretanto,  o varão Gabryahu=Gabriel  fora  incumbido  de lhe  mostrar  o significado  da visão... "esse 4 animais   grandes, são  4  reinos  que se levantarão  na  terra (v 17). (Babilônia... Medo-Persa... Grécia... Roma.)  O 4º animal  o  anjo  explicou  como  sendo  o 4º reino  na  terra (v 23) Após declarar  ao profeta o sentido  da  visão  dos 4  animais, e que  o 4º animal    terrível  seria  o 4º reino  na  terra.

Ficheiro:Romolo e remo.jpg

  “os meninos  Remulo  e Rômulo  fundadores  da cidade  de Roma - segundo  a lenda criada pela  Loba”
E  posteriormente  esse  também  seria  destruído e dividido em 10  novos  reinos (v 24).  Gabryahu  o  malach encarregado esclareceu  ao vidente  profeta... quando  o império romano  for destruído e dividido    em 10  reinos... se levantará  outro  reino...figurado...pelo chifrinho  pequeno...e  será  diferente  de todos  os  reinos  anteriores, a abaterá a 3  reinos, e proferirá  palavras  contra  o altísssimo, e destruirá  os  santos  do Altíssimo, e cuidará  em mudar  os  tempos e a lei...e lançará  a verdade   por  terra  e prosperará...e  os  santos  serão  entregues  na  sua  mão  por  um  tempo, dois  tempos, e metade  de um tempo. (vs 24,25) e  capitulo  8,11-13.

MAPA E NOMES DAS 10 TRIBOS BÁRBARAS QUE SURGIRAM DO IMPERIO ROMANO!


Ver artigo principal: Migrações dos povos bárbaros

 Ficheiro:Invasions of the Roman Empire 1.png

MAPA E NOMES DAS 10 TRIBOS BARBARAS QUE SURGIRAM DO IMPERIO ROMANO!


Visigodos, Vândalos, Ostrogodos, Lombardos, Francos, Burgúndios, Suevos, Anglo=saxões, Germanos e Hérulos


Segundo  dados  históricos  foi  no  ano  de 508  "era  do mashyah,"  que  nasceu  entre   os  10  reinos  europeus,  "o reino papal"  um  reino diferente dos  demais  como  consta  na profecia.      Os  10  reinos  foram  reinos meramente  políticos,  esse  porém,  um  reino Eclesiástico.  Sendo  que  nesse  mesmo  ano (508)  o  papa  de Roma  foi  colocado  como  cabeça  de  todas  as igrejas, pelo imperador  romano Justiniano.
Ficheiro:Charlemagne and Pope Adrian I.jpg
"o império e a igreja=aliança"

Foram  também  mais  tarde  no  ano 538  extintos  os 3  reinos arianos  que  governava  na Itália, e faziam  parte  dos  10  reinos (chifres)... os vândalos...os ostroghots...os  herulis.    Vejamos  um  comentário  sobre  esse  fato...."o  arianismo  assecialmente  heterodoxo,  originado  com  Ário  em 312, "era  do Mashyah"   E  plenamente difundido  entre  os  povos  bárbaros  da Itália, e  norte  da África, sendo  contrário  a doutrina  católica  da "TRINDADE".  Constituindo-se,  num estorvo  ao desenvolvimento  do papado!  O  santuário que os  impérios  não demoliram- Peter Murvil-pg 26.
Sendo  nesse  tempo então,  destruídos  3  dos   10 reinos,  pelo  chifrinho "o  reino diferente" exatamente   como  a  profecia previa.  As  pretensões  de Justiniano ao  dar amplos  poderes  ao  papa  local, eram as,  de reconquistar  o antigo  império  romano  que  se  havia  desmoronado,  através  da religião  cristã.

Ficheiro:Maccari-Cicero.jpg
"senado   no império romano"

 No  que  falhou  totalmente em sua  tentativa,  já  que  o  reino  papal segundo os relatos  proféticos,  cresceria  muito e se tornaria  num  grande  e sólido império politico-religioso mundial.
O  que  de  fato  ocorreu,  com a expansão  rápida  e eficaz do  papado por  toda  a Europa, Ásia  e África etc.!.
Sobre  essa  grande  apostasia  que  surgiu  da união  entre  igreja e  estado.  Nos diz  a historia... Não  padece  duvida  realmente,  que a  partir  do  dia   de  sua  vitoria  sobre maxenio, o  Imperador Constantino, tenha  manifestado simpatia  atuante  em  favor  da  nova  religião (cristianismo) que  se havia  entrado  fortemente no  mundo  romano.
Constantino  a principio,  acrescentou  favores   e benefícios à  Igreja cristã romana.  Como  sendo,  isenções  fiscais,  distribuição  em  dinheiro etc.  Tal  pratica  surtiria        efeito  até  o  fim  do seu reinado.
De  inicio  a liberdade  de culto é a doutrina  oficial  do império; Os  primeiros  símbolos  da  nova  religião  aparecem  nas  moedas, que  são maravilhosos  instrumentos  de propaganda,  desde "315 era  do Mashyah".
Quando Constantino  tornou-se  o  campeão  da  nova  religião, a cristã. Deu-lhe,  um  estatuto privilegiado,  as  sentenças  do  tribunal episcopal,  mesmo  em matéria  puramente civil; Eram reconhecidas   como  válidas pelo  império.  A  capacidade  de herdar  é  dada  a igreja  cristã,  o  que  permite  o assombroso  desenvolvimento  do seu patrimônio. 
Multiplica-se  os  lugares  de culto  da  nova  religião,  e nessa  hora devido ao seu estrondoso  crescimento  demográfico.  Foi  adotado comummente, o  tipo arquitetural  da Basílica.  Em  breve  o  seu  numero  em  Roma  elevou-se  a 40. A  Imperatriz  Santa helena  e a s  irmãs  de Constantino  são  cristãs. 
Permitindo  assim  a construção  de  magníficos  templos  cristãos.
A  profecia  ainda  afirmava  que esse  reino simbolizado pelo chifrinho... faria  guerra contra  os  santos,e os  venceria (v 21- e cap-, 13,7.  E  isso durante  um  tempo  determinado  de 1260 dias=anos.
Esse  período  de perseguição aos  santos do altíssimo pelo  chifre pequeno (papado)  È prefigurado  na  palavra  profética  como  sendo  de... um  tempo,  dois  tempos, e metade de um  tempo...Dan, 7,25, e 12,7.  e Revelação  12,14.  e  de 42  meses
  em Gilyahna (Revelação) 11,2.  e 13,5.  E  de 1260 dias  em Gilyahna (Revelação)11,3.  e  12,6.  Ao  todo  são  7  passagens  proféticas   referentes  a esse  tempo, de grande  tribulação de 1260  anos   na idade  média.
Analisando  as profecias  de Danyahu   capitulo  7  e de Revelação  capitulo 13 e 17.  Vamos entender  que  elas  falam  do  mesmo  quadro  profético.  Pois  ambas se   casam  perfeitamente!  Na  visão do  capitulo  13  de Gilyahna=Revelação, o talmidim Yahchanam=discípulo João  relata  o seguinte... Pus-me  sobre a  areia do   mar, e vi  subir  do mar  uma  besta  que  tinha 7 cabeças e 10 chifres...a  besta  que  ví  era semelhante  ao Leopardo (3º animal=Grécia)  e os  seus  pés  como  de Urso (2º animal=medo-persa) e  a sua  boca  como  de Leão (1º  animal=Babilônia)   e tinha  10  chifres...foi  lhe  dada  uma  boca  para  blasfemar  do  nome  do Eterno Yahveh...foi-lhe  permitido  fazer  guerra contra  os  santos  e vencê-los. Todas  essa  características da  besta estão  incorporados  nos animais  de Danyahu  capitulo 7. Assim  todos  concordamos  que,  as  duas  profecias  tem  o  mesmo  significado.
Pelo  fato  de  ambos  os  relatos, se  referirem  ao mesmo  tipo  de  animais... Leão...Urso...Leopardo...e  uma  fera  de 10  chifres.   A única  diferença é  que  a  besta  de Revelação  possui  também  7  cabeças.  Alguns  estudiosos da  profecia  disseram,  que  em semelhança  de  linguagem entre  as  descrições,  poderia  se  dizer,  que Yahchanam=João  apenas  tomou emprestado  de Danyahu=Daniel.
Esses animais  são, portanto,  símbolos dos  reinos  desse  mundo,  sobre  os quais  hashatan=satanás  tem exercido  o poder.  As  expressões “tempos,  em  hebraico quer  dizer  anos"; 3  anos  e meio são  42  meses, e 42  meses  hebraicos de 30  dias, são 1260 dias;   E considerando que  na profecia  um dia é um  ano,  Ezekiahu=Ezequiel 4,6.  E  Números 14,34.   Entende-se, que todos  esses  tempos  proféticos,  mostram  os 1260  anos  de  grande tribulação;  Que   a  grande  Babilônia  espiritual "o reino diferente" Impetrou  contra... os  santos  do altíssimo...durante  a idade  média (de 538  a 1798 "era  do Mashyah".  O chifrinho pequeno é  o papado "um governo  politico-religioso" e  que  é  também  representado pela  7ª cabeça  da  besta  de Revelação  capitulo 13.
Exatamente  a cabeça  que  Yahchanam,=João viu... "ser ferida  de  morte e ser curada".  O  Dragão  que  deu a  besta  seu trono e poderio, é  satanás  através  do império  romano.  Que  por  meio de seus  imperadores  deu  toda a autoridade aos  papas,  como chefes  da Igreja  católica  romana  cristã.  Entre os  10  reinos  que  surgiram  da divisão  de Roma  pelos  bárbaros;  desenvolveu  essa  potência  eclesiástica  diferente em sua essência  dos demais  reinos.
Sobre  os  quais  exerceu  grande  influência. Em fiel cumprimento  da profecia,  3  reinos  arianos  que  tentaram  impedir  seu  desenvolvimento;  foram  por  ela  abatidos, e destruídos  finalmente. E  o  papado então estendeu  sua influência  sobre  toda  a terra. Subjugando  a todo  o  mundo habitado... 3º  Vol- hit- Madureza Ginasial-pg 10-Heródoto  de Souza.
Lemos  na  historia  que  esse  poder  foi  o único a sobreviver  no império,  fortalecendo mais  com a conversão  dos  germanos.  A  partir  daí,  até  o  final  do século 16; a igreja  católica  cristã,  foi a  grande soberana  dos homens.  Estabelecendo  normas  políticas, econômicas  e sociais.  Suas  atribuições  eram  amplas  e gerais,  e seu  domínio total e sobre todos os  governantes  da terra; "Hist-geral-vol-1-pg 84-108-Ricardo Moura  faria."   O  seu representante  "o papa" chegou a dizer  que  Adão  tinha  lhe  dado  o  mundo,  para  ele    reparti-lo  entre  os  povos; 3º vol- hist-madureza ginasial pg 110-Heródoto  de Sousa. 
Não  poderia  ser  mais fiel  a descrição  profética  a seu  respeito  que  diz... reinará sobre   muitos, e repartirá  a terra  por  preço, Danyahu=Daniel 11,39.  A  besta  de 10  chifres  e 7 cabeças, é  o Império Romano  com  sede  em Roma, que é edificada  sobre 7  montes!
Os  10  chifres são os  10  reinos que  surgiram de sua divisão  como explicamos atrás. As  7 cabeças o  anjo declarou  ser “7  montes  e também 7  reis"  5 reis  havia  passado  nos  dias  de Yahchanam=João; 1 reinava,  o  outro  a 7ª  cabeça  ainda  não tinha chegado; "Gilyahna (Revelação) 17,10.
A cidade  de Roma foi fundada a cerca de 753 antes  do Mashyah, sobre sete  montes  literais,  que  são  as  suas sete colinasPalatinoAventinoCampidoglio (ou Capitólio), QuirinaleViminaleEsquilino, e Celio. Segundo o mito romano, a cidade foi fundada a cerca de 753 (data convencionada) por Rómulo e Remo, dois irmãos criados por uma loba, que são atualmente símbolos da cidade.

Celio - domina o Coliseo e a escola dos Gladiadores (Ludus Magnus).
Palatino - os restos arqueológicos dos palácios dos imperadores.
Campidoglio - é centro da Prefeitura da cidade com a praça projetada por Michelangelo.
Aventino - é a colina do Circo Máximo, famoso graças ao memorável filme Ben Hur.
Viminale - hospeda as termas de Diocleziano com Praça Exedra e a Avenida Nacional, a avenida das lojas.
Quirinale - há o maior palácio da Italia que é a Sede do presidente da república com mais de 1000 salas.
Esquilino - onde ao topo se pode admirar a maior basílica dedicada à Virgem Maria “Santa Maria Maior”.
Os  7  reis  fala  das   7  formas  de governos pelos  quais  passou  Roma... reis...cônsules...decinveros...triunveros...ditadores...imperadores...papal.  Nos  dias  de Yahchanam=João, 5  formas delas  haviam  passadas...1 existia, a forma imperial; A  7ª e ultima  forma, a papal; ainda  não havia  chegada; Gilyahna=(Revelação) 17,10.  3º  vol-hist- madureza ginasial-pg 57-62-Heródoto  de Sousa. 
"RUINAS  DO IMPÉRIO  ROMANO"

"Vi subir  do mar, uma  besta que  tinha  7 cabeças e 10 chifres...Gilyahna (Revelação) 13.
Essa  é a besta  que Yachanam viu subir  do  mar  encorporando todos  os 4 animais  de Danyahu=Daniel  capitulo  7.

A  MULHER=GRANDE  BABILONIA!
Resultado de imagem para a besta adornada  de ouro e pedras fotos


Sendo  uma Babilônia espiritual surgindo  das  ruínas  de Roma material.
  O animal  de 7  cabeças e 10 chifres  que a mulher está sentada sobre ele, é o império  romano com sede  em Roma, cidade edificada sobre  7 montes. As sete cabeças  do animal o malach=anjo encarregado disse ser, 7 montes  e também 7  reinos. Versos 9. 10.
E  para receber entendimento da profecia, foi dito pelo mensageiro celeste, ser necessário ter sabedoria... aqui a sentido  que tem sabedoria...v 9. Bem, os 7 montes todos sabem que são as 7 colinas em  que está edificada a cidade  de Roma material,  e também  o vaticano=cidade espiritual=Grande babilônia!

 Os 7  reis  mostram as 7 formas de governos  em que passou  Roma... Reis...Cônsules...Decinveros...Trinuviratos..Ditadores...Imperadores...e o papado, que é sem dúvida a 7ª  forma  de governo mundial com sede em Roma.
(Historia geral=Cezar Cantú)
 Nos  dias  em que  o livro  de Gilyahna (Apocalipse) foi escrito; Roma havia passado  por  5  formas  de governos... existindo a 6ª, forma imperial;  A 7ª  o  papado ainda  não era vinda;  Chegou  mais  tarde  em  508 "era  do Mashyah."  Continuando  o anjo disse a Yachonam=João que...a besta  que  era, já  não é,  e virá. É  ela  o 8º reino  e é dos 7  reinos, V 11. Como  entender isso? Se ela é o 8º  reino teria  naturalmente que  ser  dos  8 e nunca  dos 7! Já  viram  8º  dos  7?  não  né!  Pois  vou  mostrar-lhes!

Resultado de imagem para a besta adornada  de ouro e pedras fotos 
“Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças e falou comigo, dizendo: Vem cá e te mostrarei a sentença contra a grande prostituta, a que está sentada sobre muitas águas”. Com ela fornicaram os reis da terra, e os habitantes da terra se têm embriagado com o vinho de sua fornicação. Levou-me no Espírito ao deserto, e vi a uma mulher sentada sobre uma besta escarlata cheia de nomes de blasfêmia, que tinha sete cabeças e dez chifres. A mulher estava vestida de púrpura e escarlata, enfeitada de ouro, pedras preciosas e pérolas, e tinha na mão um cálice de ouro cheio de abominações e da imundície de sua fornicação. Em sua fronte tinha um nome escrito, mistério: «Babilônia a grande, a mãe das prostitutas e das abominações da terra. Vi à mulher embriagada com o sangue dos santos e do sangue dos mártires de Yahshuah. Quando a vi fiquei assombrado com grande assombro" (Apocalipse 17:1-6).

Essa profecia  fala de  Roma eclesiástica  e não  da cidade  literal  de Roma; Portanto é um quadro profético espiritual!
Sendo  uma Babilônia espiritual surgindo  das  ruínas  de Roma material.
  O animal  de 7  cabeças e 10 chifres  que a mulher está sentada sobre ele, é o império  romano com sede  em Roma, cidade edificada sobre  7 montes. As sete cabeças  do animal o malach=anjo encarregado disse ser, 7 montes  e também 7  reinos. Versos 9. 10.
E  para receber entendimento da profecia, foi dito pelo mensageiro celeste, ser necessário ter sabedoria... aqui a sentido  que tem sabedoria...v 9. Bem, os 7 montes todos sabem que são as 7 colinas em  que está edificada a cidade  de Roma material,  e também  o vaticano=cidade espiritual=Grande babilônia!

 Os 7  reis  mostram as 7 formas de governos  em que passou  Roma... Reis...Cônsules...Decinveros...Trinuviratos..Ditadores...Imperadores...e o papado, que é sem dúvida a 7ª  forma  de governo mundial com sede em Roma.
(Historia geral=Cezar Cantú)
 Nos  dias  em que  o livro  de Gilyahna (Apocalipse) foi escrito; Roma havia passado  por  5  formas  de governos... existindo a 6ª, forma imperial;  A 7ª  o  papado ainda  não era vinda;  Chegou  mais  tarde  em  508 "era  do Mashyah."  Continuando  o anjo disse a Yachonam=João que...a besta  que  era, já  não é,  e virá. É  ela  o 8º reino  e é dos 7  reinos, V 11. Como  entender isso? Se ela é o 8º  reino teria  naturalmente que  ser  dos  8 e nunca  dos 7! Já  viram  8º  dos  7?  Não  né!  Pois  vou  mostrar-lhes!
“Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças e falou comigo, dizendo: Vem cá e te mostrarei a sentença contra a grande prostituta, a que está sentada sobre muitas águas”. Com ela fornicaram os reis da terra, e os habitantes da terra se têm embriagado com o vinho de sua fornicação. Levou-me no Espírito ao deserto, e vi a uma mulher sentada sobre uma besta escarlata cheia de nomes de blasfêmia, que tinha sete cabeças e dez chifres. A mulher estava vestida de púrpura e escarlata, enfeitada de ouro, pedras preciosas e pérolas, e tinha na mão um cálice de ouro cheio de abominações e da imundície de sua fornicação. Em sua fronte tinha um nome escrito, mistério: «Babilônia a grande, a mãe das prostitutas e das abominações da terra. Vi à mulher embriagada com o sangue dos santos e do sangue dos mártires de Yahshuah. Quando a vi fiquei assombrado com grande assombro" (Apocalipse 17:1-6).

 
Essa profecia  fala de  Roma eclesiástica  e não  da cidade  literal  de Roma; Portanto é um quadro profético espiritual!
Bem,  a besta aqui descrita é o papado  o chifrinho pequeno  de Danyahu=Daniel 7.  Que  nasceu entre  os 10  chifres  do animal e destruiu  3 dos  10 ficando 7 que  com  ele somou  8; , portanto ele é  o 8º  reino  de Danyahu=Daniel 7.  E é  também  dos  7  reinos por  ser a 7ª cabeça  da  besta  de Gilyahna (Revelação) capítulos 13  e  17.  Daí  então  a profecia  dizer  que  a besta é  o 8  reino  e ao  mesmo tempo é  dos  7  reinos!
                                                 "A mulher  vestida  de escarlata"
No Livro Documentos da igreja Cristã-pg 244,  por Henry  Benttenson
Encontra-se o seguinte relato atribuído a Martin Lutero.
Agora  que   a Itália é uma fonte  seca, eles vêm À Alemanha. Começam de modo silencioso, mas logo veremos a Alemanha reduzida ao  mesmo estado que a Itália. Já temos alguns Cardeais. O que   os romanistas realmente pretendem fazer os “bêbedos alemães”  não verão senão quando tiverem  perdido tudo... Ora, esse diabólico estado  de coisas não só está aberto à roubalheira, ao engano, e ao prevalecimento das portas  do inferno, mas  está ainda destruindo a própria  alma e  vida  da  fé genuína.
Por  isso estamos obrigados         a usar de toda  a nossa diligencia para  afastar essa calamidade e destruição. Se queremos combater os turcos comecemos então aqui-não podemos encontrar turcos  piores. Se como é justo enforcarmos  ladrões e decapitarmos salteadores.  Por  que  deixar sem castigo   a ganância  da igreja  de Roma?
Pois  a Igreja  de Roma é  o maior ladrão e salteador que  jamais apareceu sobre  a terra, ou jamais aparecerá (nessa previsão  Lutero errou, ele não sabia que depois  da  besta 666 viria “a sua imagem” com  o mesmo espírito ganancioso de ladrão e salteador).  E tudo  nos  santos  nomes  da Igreja  e de S Pedro.
Sãopedro1.jpg
A Basílica  de S Pedro no vaticano
“Construída com  o salário da iniqüidade”
AS  INDULGÊNCIAS!
Acreditava-se que o  Mashyah em pessoa, a Virgem Myriam e muitos santos tivessem ganhado, durante sua vida, um “superávit” de mérito que poderia ser distribuído entre os infiéis ou fiéis menos praticantes. Para se diminuir a culpa e a pena desses pecadores, a Santa Igreja Católica Apostólica Romana  cristã, durante fins da Idade Média Européia, passa a fazer “negócios” com essa “graça”, em troca claro, de parte do patrimônio dos desafortunados.

A venda de indulgências, pintura de Augsburg, cerca de 1530
Durante o Pontificado do Papa Leão X (1513 – 1521), essa prática atingiu o seu auge.
Seque aqui, uma lista, isso mesmo, uma lista com alguns dos perdões previstos e seus respectivos valores ou pagamentos.
1. O eclesiástico que incorrer em pecado carnal, seja com freiras, primas, sobrinhas, afilhadas ou, enfim, com outra mulher qualquer, será absolvido mediante o pagamento de 67 libras e 12 soldos.
2. Se o Eclesiástico, além do pecado de fornicação, pedir para ser absolvido do pecado contra a natureza ou bestialidade, deverá pagar 219 libras e 15 soldos. Mas se tiver cometido pecado contra a natureza com crianças ou animais, e não com uma mulher, pagará apenas 131 libras e 15 soldos.
3. O Sacerdote que deflorar uma virgem pagará 2 libras e 8 soldos.
4. A Religiosa que quiser ser abadessa após ter se entregado a um ou mais homens simultaneamente ou sucessivamente, dentro ou fora do convento, pagará 131 libras e 15 soldos.
5. Os sacerdotes que quiserem viver em concubinato com seus parentes pagarão 76 libras e 1 soldo.
6. Para cada pecado de luxúria cometido por um leigo, a absolvição custará 27 libras e 1 soldo.
7. A mulher adúltera que pedir a absolvição para se ver livre de qualquer processo e ser dispensada para continuar com a relação ilícita pagará ao Papa 87 libras e 3 soldos. Em um caso análogo, o marido pagará o mesmo montante; se tiverem cometido incesto com o próprio filho, acrescentar-se-ão 6 libras pela consciência.
8. A absolvição e a certeza de não ser perseguido por crime de roubo, furto ou incêndio custarão ao culpado 131 libras e 7 soldos.
9. A absolvição de homicídio simples cometido contra a pessoa de um leigo custará 15 libras, 4 soldos e 3 denários.
10. Se o assassino tiver matado dois ou mais homens em um único dia, pagará como se tivesse assassinado um só.
A lista da “safadeza” é longa, segue com pelos menos 35 condições de pagamento.
Para ler mais, consultar: O LIVRO NEGRO DO CRISTIANISMO – Dois Mil Anos de Crimes em Nome de Deus.
Autores: Jacopo Fo., Sergio Tomat e Laura Malucelli

95 Teses
As 95 Teses de Lutero

"A Igreja do Castelo, onde Lutero pregou suas 95 Teses"

"Disputação do Doutor Lutero sobre o Poder e Eficácia das Indulgências", conhecida como as 95 Teses, desafiou os ensinamentos da Igreja na natureza da penitência, a autoridade do papa e da utilidade das indulgências. As 95 teses impulsionaram o debate teológico que acabou por resultar no nascimento das tradições luteranasreformadas e anabaptistasdentro do cristianismo. Este documento é considerado por muitos como um marco da Reforma Protestante.
A ação de Lutero foi em grande parte uma resposta à venda de indulgências por João Tetzel, um frade dominicano, delegado do Arcebispo de Mainz e do papa. O objetivo desta campanha de angariação de fundos foi o financiamento da Basílica de S. Pedro em Roma


Se  Lutero  vivesse  hoje  e visse  o quadro atual  desse verdadeiro estelionato  da fé.  O  que  será que ele diria?Será que ele  parabenizaria  seus  lideres? Quem se habilita  a responder, responda!



Os mistérios  do  nº 666!
Em  sua  testa  está  escrito  um  nome  “MISTERIOSO”
BABILÔNIA  A GRANDE,  A MÃE  DAS  MERETRIZES;   Gilyahna(Apo)17.
Se  é  um  caso  de mistério, então  carece  de sabedoria  para  entende-lo;  E  é exatamente  o  que  a Escritura  da  verdade  diz... aquele que  tem  entendimento  calcule  o  nº  da Besta, é  o nº  de  homem, e é 666. Gilyahna (Apo) 13.
Falando  do  n° da  Besta,  vamos   entender  que  o nº é  da  Besta  que  subiu  do  mar. Já  o  sinal é da Besta que  subiu  da  terra.  Antes  de  calcular  o  seu  nº,  vamos  falar  de algumas  características  da  Besta 666.
Em Danyahu=Daniel  cap-7  diz  que ela subiu  em  forma  de  um  chifrinho pequeno  entre  outros  10  chifres.
Cresceu  muito e,  esse  chifrinho  tinham  olhos  e  uma  boca  que  falava  grandes  coisas  e blasfêmias  contra  o Eterno  Criador  Yahveh.    Fazia  guerra contra  os  santos  do Altíssimo e os  vencia.  E  no cap-8,11-15. Diz  que  ela  lançaria a verdade  por  terra... faria  isso e prosperaria!  No  livro  da Revelação aparece  as mesmas características... uma  boca  falando  grande  coisas  e blasfêmias  contra  o eterno e contra  o  seu  “nome!”  São as mesmas  características  da 7ª cabeça  de Apo-13  e  17. Mostrando assim que, as passagens proféticas de Danyhau 7 e Gilyahna (Apo)-caps. -13 e17 falam do mesmo poder reinante!



Aqui  á  um  dado  curioso,  a  besta  blasfemaria  também  do NOME  do  Eterno. 



o chifre que cresceu muito e
tinha uma boca que falava
blasfemia...papado!
Sobre a besta 666  fazer  guerra  contra  os  santos e vencê-los,  existem  7  passagens  referentes; um  tempo  dois  tempos  e meio  tempo, 42  meses, e 1260  dias, Danyahu=Daniel 7,25, e 12,7. E  Gilyahna(Apo) 11,2,3. e 12,6,14.  e 13,5.
Resultado de imagem para a fogueira n a inquisição fotos
Esse  tempo  é  profético,  portanto são 1260  anos    da grande  tribulação,  e  se estendeu  de 538  a 1798 =era do mashyah.  


Esse  foi o tempo  em  que  a besta 666 igreja  de Roma  perseguiu  torturou  e matou  milhares  de  fieis  seguidores  de  Yahshuah  acusados  de judaísmo.  Principalmente  através  da “santa inquisição”  cujos  horrores é  contado por historiados assim...é praticamente  impossível  não associarmos  a  inquisição  a um  momento  sinistro  da  historia...mais  triste  ainda é  ver que  ela  foi  criada  e dirigida  por  uma  instituição  que  foi  edificada  em  cima  de  lemas como; amor  ao  próximo,  caridade e bondade!  Como  entender  essa  face assustadora  da igreja  cristã?
Resultado de imagem para hereges queimados na inquisição-fotos
"Execução  de  hereges  no terreiro  do paço  real  em

Outros  relataram  também sobre a inquisição;  Os  crimes  do  papado foram tão  terríveis  e cruéis,  que se  tal  potencia  não tivesse  vinda  a existência,  poderíamos  dizer que  a profecia  em destaque  teria falhado espetacularmente. Já que  a historia  do  mundo  jamais  registrou  outro  poder  ao  qual  as  referencias  e especificações  proféticas;  pudessem aplicar-se,  com  tanta fidelidade e exatidão.
E  ainda... o meio  dia  do  papado  foi  a meia  noite  do  mundo! 
Fica  claro  o  mal  que  a igreja  católica Cristã  e seu sistema  implantado  a  "ferro  e fogo" fez  e faz  à humanidade!   A  historia  é  a maior  prova  contra  ela "Babilônia” a  grande  prostituta   e  suas  filhas.  Com  passando  sangrento,  e presente  duvidoso único  capaz  de dividir  com  o   nazismo  o  pódio  dedicado as  ideologias  mais  mortíferas  da historia  humana.
Ficheiro:Galileo facing the Roman Inquisition.jpg
"O  PROCESSO  DE GALILEO  GALILEI"
Nos  os Cardeais  da  Santa Igreja católica  Cristã romana,  pela  graça  de Deus, tendo sido  nomeados  inquisidores-gerais  da  Santa Sé  católica cristã verificou  que  tu, Galileu Galileu,  filho  de Vicente Galileu Florentino;  de 70  anos  de idade  já  no  ano  de 1613  foste  denunciado a  esse  tribunal  do Santo - Oficio,  em  virtude  de considerares  verdadeira  a falsa  doutrina  de  que o Sol é  o  centro  do Mundo. E de  aceitares  a idéia  de  que  a terra  não  está   móvel. Tendo  os  teólogos  e  doutores  considerado  essas  teorias  absurdas  e  errôneas... e  tendo  nós  constatado  que  depois de  teres  sido  advertido,  publicaste  em  Florença,  um  Livro  intitulado  Dialogo  dos  dois  sistemas  do Mundo. De Ptolomeu  Corpenico,  no  qual  continuas  a defender  as  mesmas opiniões... declaramos-te Galileu  fortemente  suspeito  de heresia.  Deverás  renegar  publicamente  as  tuas   teorias  contrarias  aos  ensinamentos  da Igreja.  E ordenamos  que  o  referido  Dialogo  seja  proibido  e tu próprio aprisionado  nos  cárceres  do Santo - oficio;  Ficando  à  nossa ordem  (processo de Galileu).
 A  chamada  "santa  inquisição"  acobertada  pela  falsa  religião,  e repleta  das  piores  atrocidades  cometidas  em  nome  da fé,  que se  diz  promotora  do amor ao próximo  deixou  ao  mundo esse  legado sinistro!
 Na  idade  media (séculos  V  ao XV) aproveitando        o desaparecimento  das  grandes  Bibliotecas  romanas, e na ausência  quase  total  da atividade  editorial  na Europa, a Igreja  Católica Cristã,  obtem  de  fato,  um  monopólio  sobre  o conjunto  da escrita, e  da informação.  O  povo é deixado  na ignorância propositalmente.
A  leitura das  Escritura é desencorajada mesmo  no  caso  de  ter  acesso (caso  raro) a um exemplar.  Pouco  a  pouco a Igreja  católica  Cristã  impõe o  seu domínio  sobre  a sociedade.  Desde   hà  muito, a religião  tem servido  para  moderar  os  impulsos  humanos!  Sobretudo  daqueles  que  pertencem  a  uma  classe  social  menos  favorecida. Salientamos  o prejuízo que  o Mundo  tem  sofrido  com  o rebaixamento  mental  imposto  com  as crenças  e superstições  religiosas.  Com  o  que  o conhecimento  da  verdade  sofre  uma estagnação  sensível.
Ficheiro:Francois Dubois 001.jpg
."Massacre de São Bartolomeu, de François Dubois"
Na  matança  da  chamada  noite  de S Bartolomeu na  frança cerca  de 70  mil    "hereges" huguenotes foram  mortos em 24-8-1572.  Tal  massacre   seguido de tão  perto à  eleição  do papa  Gregorioxiii;  Que  dir-se-ia, estar  destinado  a servir  de festa à  sua  coroação!.  "O  santo  papa"  recebeu  a noticia  do massacre  com imensa  alegria.  publicou  em seguida  um  jubileu  por toda a Europa.  Afim  de  que,  dizia  ele.  Os  povos  cristãos  se regozijem  com  o  seu  chefe,  por  esse  magnífico  holocausto, oferecido  ao  papa,  pelo  rei Carlos  da  frança.
Quando  a noticia  chegou  a Roma.  A exultação  do clero  não teve  limites.  O  papa  Gregório XIII  acompanhado  dos seus  Cardeais, foram  em  longa  procissão  à   Igreja  de S  Luiz  e cantou  o "Te-Dum". E  na cidade  do  vaticano ainda  se vê  nas  gravuras  do pintor Wasssary,  a descrição do  massacre. O  rei  em conselho, urdindo  a matança,  e o próprio  morticínio; (O massacre  de s  Bartolomeu - por  Henry  W)
Imagem relacionada 
A fogueira da perseguição  acesa pela igreja cristã"

  A  santa  inquisição  foi  criada  em 1231  pelo  papa Gregório IX.
OS ARQUIVOS SECRETOS DA INQUISIÇÃO

CRONONOLOGIA  DA "SANTA? INQUISIÇÃO"

1231... o  papa Gregório  IX  no concilio de Verona cria e regulamenta a inquisição.
1252... O papa Inocêncio IV sugere, por  meio de uma bula, o uso de tortura.
1478... Sob, à influência  dos  reis  católicos cristãos, Fernando e Isabel, a Igreja na Espanha  
......... assume  funções  inquisitoriais, com autorização  pontifícia  do papa  Sisto IV.
1483... O Frei Dominicano Tomás  de Torquemada, passa a ser   inquisidor  geral da Espanha.
......... celebrizando-se,  por  sua  crueldade  no  trato  com  os hereges.
1492... A  Espanha  vence  os  mulçumanos turcos em granada, unificando  os  
......... reinos  cristãos, e  impondo-se, à judeus e islâmicos.
 1533... O  astrônomo polonês  Nicolau Corpênico, conclui que  a Terra  gira  em torno  do  sol. Devido
........... à  oposição   da Igreja  católica  cristã, que afirmava  ser  a  Terra   o centro  do
............ Universo.  Corpênico  só divulga a  sua  teoria   já  moribundo.
1536... Nas  cidades  portuguesas  de Évora  e Lisboa, a inquisição  começa    a funcionar,
........... com autorização  do papa Pio II
 1540... Tem  lugar  o  primeiro auto-de-fé  em Portugal. Auto-de-fé era  a execução  sumária
............ dos  hereges  condenados  a  morte  pelo  tribunal  inquisitorial;
1542... Por  iniciativa do papa  Paulo III,  muda-se o nome  da  inquisição para santo - oficio.
1545... Pio III  implanta  oficialmente a inquisição  na Espanha.
1571... Começa a funcionar  o santo - oficio  na America espanhola,  na cidade  do México.
1591... Tem  inicio  a primeira     visitação  da Inquisição  portuguesa  no Brasil.
1596... Em  processo  movido  pela inquisição  no México, são levadas à fogueira, 9 pessoas "da família Carvajal.
1633... Na Itália, a inquisição acusa Galileu Galileu de heresia, por sua afirmação  na teoria de Corpênico.
 ........ Preso ele  se retrata, mas é condenado pela igreja católica cristã, à prisão  domiciliar perpétua.
1674... Pela  primeira  vez,  uma  segunda  grande  visitação inquisitorial  chega ao Brasil.
1773... Uma  Lei  do marquês  de Pombal  impede  a distinção  em Portugal, entre  cristãos  e hereges.
1813... É  abolida  a inquisição  espanhola.
1821... Dissolve-se  a inquisição  em Portugal.
1859... O  papado extingue  definitivamente  o tribunal  da inquisição.
(A Inquisição Ibérica - Silvia Cintra  Franco e Sergio Reinard-pgs 46-48)

Imagem relacionada 

"Ultimo Auto-de-fé praticado no Terreiro do Paço."
Um Auto-de-fé é um ritual de penitência pública ou humilhação de hereges, realizados pela Inquisição, principalmente em Portugal e Espanha.
O primeiro Auto-de-Fé ocorreu em Sevilha, durante o ano de 1481, com a execução de seis homens e mulheres. A Inquisição teve um pouco menos de poder em Portugal, tendo sido estabelecida em 1536 e durado oficialmente até 1821, se bem que tenha sido muito debilitada com o regime do Marquês de Pombal na segunda metade do século XVIII. O primeiro auto-de-fé em Portugal foi realizado a 20 de Setembro de 1540 em Lisboa, onde a Praça do Rossio serviu de local de execução, embora sejam também conhecidos autos no Terreiro do Paço, como representa a imagem. No Porto houve apenas um auto-de-fé, bem como no México, Peru e Brasil.
O último Auto-de-Fé em Portugal ocorreu no dia 7 de Agosto de 1794, contrariando as tradicionais sentenças de centenas de inocentes, sendo apenas condenado à prisão um homem que teria insultado a Igreja.

RASTROS  TERRIVEIS  DA BESTA  666  NO BRASIL.

No  Brasil  ela nunca  instalou  um  tribunal    permanente, mas  a sua  ação  se  exerceu  através  de visitadores,  Heitor  furtado  de Mendonça   entre 1591-1595.  E  marcos  Teixeira  entre 1618-19. Ou  de bispos  a quem  eram delegado  poderes  para   efetuar  prisões,  confiscar  bens,  e enviar  para Lisboa  os prisioneiros   para  serem  julgados.  A  Bahia  foi  o  palco  das  inquirições  mais  intensas;  De 1591  a 1624  foram  processados  ali,  245  pessoas  acusadas  de judaísmo.  Em 1646  mais  100  condenações  foram  feitas.  E  no  auto - de fé  em 1771,  52  brasileiros  foram “justiçados” O  último brasileiro  condenado   à  morte  pela  “santa inquisição”,  morreu  no  auto-de fé de 1748; Almanaque  Abril  Cultural  de 1983 pg 617.
Um  dos  casos  mais  celebre  sobre hereges  no Brasil, foi o  de Ana Costa Arruda, era  natural de  Olinda Pernambuco. Ana  foi acusada  no segundo  dia  de Janeiro  de  1599, por sua  tia Beatriz  Fernandes, que  sob tortura  a denunciou  de praticar  heresia.  Em16-12-1599, Ana é encarcerada  em Lisboa  com  24  anos de idade.  Subiu  ao primeiro  interrogatório  em 7-4-1600.
E  saiu  no auto-de-fé  celebrado   na Ribeira, em Lisboa   no Domingo  dia 3-8-1603, e foi  c condenada a  se  retratar  da acusação e depois  encarcerada  nas  Escolas  Gerais,  para  submeter-se, à  doutrinação.  Em 6-9-1603.  Não  se  sabe  se Ana  voltou  ao brasil.
AQUI


    "instrumentos  de tortura na "santa-inquisição" 
Padre Anchieta  enforcou   João bolés
 Frei Damião, padre Cícero e José de Anchieta, todos matavam em nome de Deus, eram religiosos que assassinavam e torturava quem fosse contra a Igreja católica cristã, ou tivesse outra fé ou fosse judeu. Toda e qualquer pessoa que não fosse cristão, ou fosse contra o catolicismo era morto e queimado..por religiosos que achavam que estavam prestando um serviço a Deus.Conforme havia dito o próprio Yahshuah;Muito  foram arrastados pelas ruas  e  mortos, havendo um verdadeiro banho de sangue, por pessoas religiosas que cuidavam estar prestando um serviço a Deus.  Nenhuma  instituição  matou mais pessoas que questionavam seus ensinos,que a igreja católica cristã em 1200anos!!!

Qual nome do missionário francês que o "santo" José de Anchieta enforcou com as próprias mãos em 1567, no Rio?
(1-) JEAN JACQUES LE BALLEUR

OU

2-) JOÃO BOLLÉS
?

DE ACORDO COM O LIVRO ROY DEL'AMERIQUE, pp. 170-171, de 1897,
E AINDA EM CONSONÃNCIA COM O LIVRO "O SANTO QUE ANCHIETA MATOU" DO EX-PADRE ANÍBAL PEREIRA DOS REIS:

 “E porque o carrasco, talvez condoído, sem coragem de apressar a morte da vítima inocente - ele mesmo, José de Anchieta," no dizer o católico Arthur Heullard, "acaba de matá-lo, dizendo, ufano, ao carrasco acovardado: Eis aí como se mata um homem!”
SE ALGUÉM TIVER ESTÕMAGO PARA LER O JURAMENTO DOS JESUÍTAS, VERÁ QUE ANCHIETA, ESTAVA APENAS NO EXERCÍCIO DA PROFISSÃO!
Jean Jacques Le Balleur ou João de Bolés, alfaiate huguenote, nascido na França em data incerta e educado em Genebra. Em 1557 foi enviada, junto com outros cinco missionários, por Jean Calvino para ministrar os franceses da expedição de Villegaignon ao Brasil, a França Antártica.

Ministro calvinista, celebrou o primeiro culto evangélico do Brasil em 10 de Março de 1557, e no dia 21 celebraria a primeira Santa Ceia.
Villegagnon abjurou a fé Calvinista e retornou ao catolicismo e começou a perseguir os missionários, que em 4 de janeiro de 1558 tentam fugir em um navio velho, cuja má condição os obriga a retornar ao Rio de Janeiro.

Villegaignon obrigou os ministros a responderem um formulário sobre suas crenças, gerando a Confissão de Fé de Guanabara, a primeira do gênero das Américas, em seguida condenou-os a morte.

Jacques Le Balleur conseguiu fugir para o continente e vadeou até São Vicente, sendo poupado de ser devorado pelos índios por estar com um livro, que os Tupinambás pensaram ser a tão esperada e prometida Bíblia, que era tida como um amuleto. Tratava-se de uma peça de Rabelais.

Em São Vicente os jesuítas forçaram a Câmara para prendê-lo em 1559. Foi torturado para dar informações estratégicas do Forte Coligny. Levado a Salvador, onde Mem de Sá concordou em condená-lo por ser seguidor da fé protestante.

Em 1567 foi levado ao Rio de Janeiro, onde seria executado, mas o carrasco recusou a matá-lo. E em 9 de fevereiro de 1558, o Padre José de Anchieta estrangulou-o.

Resultado de imagem para gaiola suspensa na inquisição-fotos
"gaiola  suspensa=forca"

  Lendo  livros  de  50  a 150  anos  atrás, vemos  autores  cristãos  lutando  com essa  mesma  questão;  eles  decidiram "sanear"  a verdade  de  forma a não  ofender a sensibilidade  cristã.  Portanto, seus  livros  escondem    o  horror  da Igreja  Católica Cristã!
Nesse fim  dos  tempos,  em que  o anti-Mshyah  está   aparentemente quieto,  e  em  que  o  falso profeta  já  foi   manifestado  como  sendo  as “igrejas  evangélicas-filhas  de Babilônia" e  estão  se tornando  intimas  da  mãe!
Que  matou um  numero estimado  de até  75  milhares de  hereges,  concluímos  que  chegou  o  tempo  de "tirar fora  as viseiras  da  sensibilidade".  Citaremos  documentos  católicos  exatamente  como  eles  foram  impressos,  para  que  você  possa  ver  a  verdadeira  face  dessa  Besta  que  torturou  e matou entre  75-100  milhões  de  pessoas ao  longo  dos 1260  anos  da idade  media;  Na  chamada  grande  tribulação!
Visto  que  tão poucas  pessoas  hoje  estudaram  até mesmo  os rudimentos  de  historia.  A  maioria  não  sabe  que  a Inquisição  foi Real e  Verdadeiras tais  pessoas  hoje  não  tem  nenhuma  idéia  do  barbarismo  flagrante  e  da  tortura  infligida  aos  infelizes  habitantes  da Europa, e  como  a população  inteira era  consumida  pelo  medo  da inquisição!
   Mas,  como  estamos  falando é  sobre  o  número,  vamos  em  frente.
Existem  vários  nomes  ligados  a igreja  de  Roma  que  calculados  em  números  aritméticos  dão 666.
VICARIVS      FILII   DEI======substituto  do  filho de Deus.
112+          53+     501=666.
GENNERALIS   DEI   IN  TERRIS= (substituto  geral de  Deus  na terra em latim)
  51+            501+   1       1=666.
SIGNAL       DA      CRVX= (sinal  da  cruz em latim)
   51+       500+     115=     666.
IESVS    CRISTI FILIVS DEI= (Jesus cristo filho de Deus  em latim)
 6+       102+      57+  501=  666

VICARIVS FILII DEI, em Português é "Vigário do Filho de Deus", e significa "Substituto do Filho de Deus". Substituto é o que ocupa o Trono e governa interinamente, enquanto o Titular do Trono está ausente. O Titular é Yahshuah, A  Bryt hadashah=Novo Testamento= afirma que ele foi fazer uma longa viagem ao Espaço Sideral (shamaym=Céus), a fim de "tomar posse de um Reino" e depois "voltará"’    para "Reinar"! Veja João 14:1-4. Esta é a Doutrina  básica  de Yahshuah. Todas as  pessoas  instruídas  acerca  do  reino  dos  céus; acreditam e ensina isto.
Todos  esses   nomes  são  criados  pela  Igreja  católica  romana  cristã. E  são  sinais  mais  que  claros; Que  ela  é  mesmo a  besta  666.
sobre  o  numero 666  temos  ainda  o seguinte; O numero  7  aparece  nas  Escrituras  Sagradas,  como sendo  o  numero  do Eterno Yahveh  Criador  de todas  as coisas visíveis  e invisíveis, é, portanto  o  numero  da perfeição. Também  o  numero 6  é o  numero imperfeito  e o numero  de Satanás  o adversário  causador  de toda  a apostasia. Quando  ele rebelou  contra Yahveh;  ele  disse  que  seria semelhante  ao Eterno  6  vezes.
"Eu  subirei... acima  das estrelas... exaltarei  o meu trono... assentarei-me... subirei  acima  das  mais  altas  nuvens... serei semelhante  ao Altíssimo; Yashayahu=Isaias 14, 13,14.
Também  o papa  como  representante  dele  na  terra,  tem  em suas  insígnias  o  numero 6  como  se vê.
1º... O  Anel  de pescador.
2º... As  Chaves  de S Pedro.
3º... O Flabelo=Leque.
4º... A  Sotaina=Batina Branca.
5º... A  Cadeira Gestatória.
6º... A   Tiara pontifical
E   completando,  a Tiara   papal  possui  3  coroas!
A  primeira,  colocada  em 1130  como  símbolo  da  soberania  sobre  os   estados  em  que  ela dominava.
A  Segunda, em  1300  acrescentada  pelo  papa  Bonifacio  VII;  símbolo  de  sua  autoridade sobre  as  almas  dos  fieis.
A  Terceira, é segundo  a  igreja  católica  cristã;  um  símbolo  de  sua  autoridade  moral  sobre  os  reinos  do  mundo. (Almanaque  Abril Cultural  de 1987  pgs 492-4).
No entanto, a profecia  declara a centenas  de  anos! Que  a besta 666  tem  uma  tríplice coroa  como sendo... a  besta  que  era!
E  que  já  não é!
E  que  virá! Gilyahna=Apocalipse 17, 7,8.





   "O  DECÁLOGO=ÊXODO  20"
aseret-ha-Dibrot(heb-OS10-MANDAMENTOS)
aseret-hadevarim(AS-DEZ-PALAVRAS)







              

     1º  MANDAMENTO

Eu sou Yahveh teu Ulhim!
Não  terá nenhum  ídolo diante de  mim.

                        2º AMNDAMENTO

Não  farás  para  ti imagem idólatra  nenhuma!

                          3º MANDAMENTO

    Não tomarás  o  nome  de Yahveh teu Ulhim  em vão
     Yaveh não  terá por inocente aquele que tomar seu nome  em vão.

                          4º MANDAMENTO

 Lembra-te do dia de Shabbah, seis dias trabalharás e fará  neles  a
      sua  obra, mas  o  7º  dia é  o  Shabbah=repouso  de Yahveh teu
       Ulhim,  não  farás  nele  obra  servil  alguma. Porque  em 6
       dias  fez  Yahveh  os shamaym=céus e a Eretz=Terra, e no dia
        7º  Yahveh descansou  de  toda a sua obra que fizera,  por isso
         Yahveh  abençoou e santificou  o  dia  7º.

                                  5º MANDAMENTO

           Honrarás a teu pai e  a tua mãe, para que prolongue os   teus
            dias  na  terra  que Yahveh  teu Ulhim    ti dá.

                                     6º MANDAMENTO

                                           Não  matarás

                                        7º MANDAMENTO

                                            Não adulterarás

                                          8º MANDAMENTO

                                             Não  furtarás

                                            9º  MANDAMENTO

                Não  dirás  falso  testemunho  contra  o teu próximo.

                                               10º MANDAMENTO

      Não  cobiçarás  a  casa  do  teu próximo,  nem  a tua mulher,  nem  o  seu  servo,  nem o
                   Seu boi,  nem  o seu jumento,  nem coisa  alguma  que lhe  pertença.


                      
Moisés com as Tábuas da Lei, por Rembrandt

OS  10  MADAMENTOS MUDADOS  PELA  BESTA 666.

"Que segundo  a profecia mudaria  os  tempos e a lei... Danyahu=Daniel, 7,25"  7,25"

1º  Mandamento... amar  a deus sobre  todas  as coisas.

2º... Mandamento...Não tomar seu  nome  em vão.

3º... Mandamento...Guardar Domingos  e festas.

4º... Mandamento...honrar pai e mãe..

5º... Mandamento...Não  matarás.

6º... mandamento...Não  pecar  contra  a castidade.

7º... mandamento...Não  furtar.

8º... mandamento...Não  levantar  falso  testemunho.

9º... Mandamento...Não  desejar  a mulher  do próximo.

10º... Mandamento...Não cobiçar  as coisas  alheia.

(catecismo  da Doutrina  cristã... pelo  padre João  batista  monti)


"E cuidará  em  mudar  o Calendário e a instrução - Dan, 7,25, e refs"

Alem  de  mudar  a  lei  dos  10  mandamentos, mostrado  no  quadro  acima.  A igreja  católica  cristã,  mudou  também  a ordem  do  dia  estabelecida    pelo Eterno Criador  Yahveh... de  uma  tarde  a outra  tarde; Bereshyt=Genesis capítulos 1 e 2;
Para  de... uma  meia   noite  a outra  meia  noite;  Mudou  o  curso  do ano que  é  de 12  meses  de  30  dias  cada=360  dias; Para  365-6  dias,  e  várias   outras  mudanças  significativas. Veja,  o cumprimento exato  da  profecia!
Assim fica claro que a Igreja não retira a sua certeza sobre todas as verdades somente das Sagradas Escrituras. “Por isso, tanto a Escritura como a Tradição devem ser aceitas e honradas com iguais sentimentos de devoção e reverência” (Constituição Dogmática sobre a Revelação Divina, cap. 2,9, p. 682).
Assim,  quanto  mais  se estuda  sobre  as  profecias  sobre  a Besta 666,  mais  elas  se identificam  com  a Igreja católica  cristã.
A  Grande  Babilônia=Besta  666,  seria  também a criadora  de várias  mercadorias frutos   de  sua  apostasia.  Sendo  duas  delas  as  maiores promotaras  do  mercado  mercantil e  monetário  do  Mundo!
O  dia  de Natal, e a  páscoa  dos  chocolates!
No  ano  325... A  criação  do  dia  de Natal  pelo Imperador  Constantino  e  o  papa  S  Silvestre I.  No  dia  25  de  Dezembro em  que  se celebravam  em    Roma  pagã,  o  dia  de..."natallis  invict  sollis" Ou  seja,  o  dia nascimento  do  vitorioso  sol.
A  Enciclopédia  Britanica-Edição  de 1946;  relata  sobre  o  natal o seguinte... O  natal  não  constava  entre  as  festividades  da  igreja,  não  foi  instituído  pela  igreja  primitiva,  nem  pelos  apóstolos, e nem  pelas  autoridades  bíblicas.  Foi  formado  e trazido  do  paganismo!
E  A  Enciclopédia  Americana-edição  de 1944  diz... o  natal  de  acordo  com  muitas  autoridades,  não  se  celebrou nos  primeiros  séculos  da  igreja.  A  Árvore  de   natal é  de origem  germânica,  datando  do  tempo  de      S   Bonifacio.  Foi  adotada  para  substituir   o sacrifício  ao  carvalho-árvore-de Odim  deus  mitológico.    Adoravam-se   também   uma  árvore  em homenagem  ao  deus-menino  pagão.  Porquanto,  o costume  de  usar  árvores   de  natal  dentro  de  casa,  é  uma  idolatria  herdada  do paganismo.
A   PASCOA  instituída  no  domingo  da  ressurreição  de Yahshuah  pela Igreja   Católica Cristã.
É   outra adulteração clara  das Escrituras Sagradas!   Vejamos,  não  foi  a ressurreição  de Yahshuah  que ocorreu  no  dia  da pesah=páscoa  judaica;  E  sim,  a  sua  crucificação  e  morte  que  se  deu  nesse  dia  da  peshah=páscoa (14   de Abib)... E  no primeiro  dia  da  festa  de matizah=pães  azimos, (dia 13 de Abib) chegaram os discípulos  junto  de Yahshuah dizendo.  Onde  queres  que  façamos  os  preparativos  para  comeres a páscoa?...Mat, 26,17. 26-28.  e refs.
Sendo, portanto,  essas  duas,  as  mercadorias  de Babilônia  mais  comercializadas  no  mundo,  movimentando  bilhões  de  reais! E  nesse  comercio inicuo  as  igrejas  evangélicas    prestam  um  enorme serviço  a mãe  Babilônia!

"Árvore  de Natal=idolatria pagã"

                
"A  INFLUÊNCIA  DA IGREJA  CATOLICA  CRISTÃ"

Constantino  como  imperador,  foi à grande  ponte que  ligou      a  religião  cristã  com  o império Romano.  Meio  século depois já  no  ano 375  o Imperador  Graciano  recusou  as  vestes  de "pontífice  Maximo".  Entretanto,  o Bispo  da  igreja  cristã vendo  aí  uma oportunidade de se exaltar  assumiu  tais  vestimentas.   O  titulo  "pontífice  Maximo" significa  o maior  construtor  de ponte.  E  como Constantino  foi à grande  ponte  entre  igreja-governo.  Títulos  que  nem  os  católicos  sabem a  sua  origem,  muito  menos  o significado!
Durante a idade media (século 16) a Igreja  de  Roma  conquistou  e manteve  grande  poder. Adquiriu  com  o salário  da iniqüidade, um  grande patrimônio material  (poder econômico) influenciava  nas decisões  políticas  dos
reinos (poder político)  interferia  na elaboração  das  leis  (poder jurídico)  e estabelecia  padrões  de comportamento moral?...
Para  a sociedade  (poder social).  Como  a religião  única  e oficial, a Igreja  católica  cristã  não permitia  opiniões  e oposições  contrárias  aos  seus  dogmas (verdades  incontestáveis).
Aqueles  que  desrespeitavam,  ou questionava  as  decisões  dela eram  perseguidos  e punidos.  Na  idade  media  pela  "santa-inquisição"  como  falamos  atrás!  Prendeu, torturou  e  mandou  para   a fogueira  como hereges; milhares  de  pessoas que não  ousassem  seguir  suas  ordens.  Com  esse  proceder  inícuo, a Igreja católica Cristã romana.
Anulou  por completo o mandamento  de Yahshuah... que  vos  ameis  uns  aos  outros  como  eu vos amei" Yahchanam (João) 13,34.     Aderindo  ao  mandamento  dos Yahudim=judeus liderados   por Kaifaz      que  disse...nos  temos  uma  lei  e segundo  a nossa lei  ele  deve  morrer  porque  se fez  filho  de Yahveh; Yahchanam (João) 19,7.
Assim também,  com  o mesmo espírito  de hashatan=satanás que atuou  nos  lideres  Yahudim (judeus)  quando  mataram  o  mashyah   de Yahveh, e perseguiram  e mataram  seus  Talmidim=Discípulos.  A Igreja  católica  cristã, se  fez emissária   daquele... que  tinha  o império da  morte...e  que  foi homicida  desde o principio...Yahchanam=João 8,44.  Se  achando  apta  a matar       todos  os  que  se declarassem  ser  filhos  de Yahveh  fora  da  fé  católica  cristã!

A MUDANÇA DE  NUMERAIS  PARA  NOMES NOS  DIAS  DA SEMANA.

1º  DIA,  para Domingo-dia do sol-em latim "Dies dominics"
2º  DIA,  para segunda  feira-dia  da  lua  no latim-lunae dies"
3º DIA, para Terça feira-dia de marte no grego Ares-deus  da guerra"
4º DIA,  para Quarta feira no latim "mercurlli  dies" o deus  do comercio"
5º DIA,  para Quinta  feira dia  de jupiter,  no latim "jovi  dies" no grego Zeus o pai dos deuses"
6º  DIA,  para  Sexta  feira dia  de Venus  no latim "veneri  dies" no grega Afrodite deusa  do amor"
7º DIA,  foi  dedicado  pelos  romanos  ao  deus  saturno.

Mudanças  nos nomes  dos meses  do  ano!

1º  MÊS,  para janeiro-latim  Januarius, de janos divindade    romana filha  de Apolo e Ninfa.
2º  MÊS,  para Fevereiro-latim febenuarius  de februa  deus  pagão das  antigas civilizações.
3º  MÊS, para  março-latim  martius-marte,  o bravo  filho  de  jupiter e Juno.
4º MÊS, para Abril latim-Aprillys consagrado pelos  romanos a Venus.
5ºMÊS,  para Maio-latim  maius mês consagrado ao  deus  Apolo.
6º MÊS, para Junho-latim  junius dedicado a  Juno divindade romana.
7º MÊS,  para Julho-latim  Julius  homenagem a Julius Cezar  grande imperador romano.
8º MÊS  para Agosto-latim  Augustus   honra  a  outro  grande imperador de Roma Cezar Augustus.
9º MÊS,  para setembro-latim  setember, consagrando a deusa  ninfa.
10º MÊS, para outubro-latim  octuber  em  honra  a  tamuz deus  do  sol.
11º  MÊS,  para   novembro-latim november, consagrado a  deusa  Diana-deusa  da  caça.
12º  MÊS, para  Dezembro-latim  deecember,  no dia 25  comemora  o  natal  de Jesus:

"A  BESTA 666  RECEBENDO  UMA  FERIDA  MORTAL"

Em relação à Declaração dos direitos do Homem e do Cidadão, Pio VI escreveu a 10 de Março de1791"Há alguma coisa mais disparatada do que declarar uma tal igualdade e liberdade para todos?"

Ficheiro:Morte di S. S. Pio VI.jpg
"A  morte    de Pio VI=Geovani  Angelu Braschi"  na  cidade  de  Valença  na França em 1799"

Das mais ilustres vítimas foi também Pio VI. Em 1796, tropas da República Francesa sob comando de Napoleão Bonaparte invadiram a Itália, derrotaram o exército papal e ocuparamAncona e Loreto. Pio VI pediu a paz, que foi concedida em Toletino em 19 de fevereiro de 1797; mas em 28 de dezembro do mesmo ano, em um motim realizado pelas forças papais contra alguns revolucionários italianos e franceses, o popular brigadeiro-general Mathurin-Léonard Duphot, que havia ido a Roma com José Bonaparte como parte da embaixada francesa, foi morto, surgindo assim um novo pretexto para invasão. Então, o General Berthier marchou para Roma sem oposição em 10 de fevereiro de 1798 e proclamou a República Romana, exigindo do Papa a renúncia de seus poderes temporais.
Como recusou, o Papa foi feito prisioneiro, e em 20 de fevereiro foi escoltado do Vaticano paraSiena, e de lá para Certosa, cidade próxima a Florença. A declaração francesa de guerra contraToscano levou a remoção do líder da igreja (ele foi escoltado pelo espanhol Pedro Gómez Labrador, o Marques de Labrador) pelo caminho de ParmaPiacenzaTurin e Grenoble para a cidadela de Valença onde ele morreu seis meses depois de sua chegada, em 29 de agosto de1799.  com 82  anos-Hist-univ-vol-28-pgs 157 e 175 e  A  Wikipedia"
"1º estado-imperio
"2º o clero
"3º  o povo carregando os  dois primeiros  nas  costas,  na  França!

A sociedade francesa da segunda metade do século XVIII possuía dois grupos muito privilegiados:
·         Clero ou Primeiro Estado, composto pelo Alto Clero, que representava 0,5% da população francesa, era identificado com a nobreza e negava reformas, e pelo Baixo Clero, identificado com o povo, e que as reclamava;
·         Nobreza, ou Segundo Estado, composta por uma camada palaciana ou cortesã, que sobrevivia à custa do Estado, por uma camada provincial, que se mantinha com as rendas dos feudos, e uma camada chamada Nobreza Togada, em que alguns juízes e altos funcionários burgueses adquiriram os seus títulos e cargos, transmissíveis aos herdeiros. Aproximava-se de 1,5% dos habitantes.
Esses dois grupos (ou Estados) oprimiam e exploravam o Terceiro Estado, constituído por burgueses, camponeses sem terra e os "sans-culottes", uma camada heterogênea composta por artesãos, aprendizes e proletários, que
Algumas orientações para a análise de caricaturas.
 A caricatura permite-nos ter acesso a um leque variado de informações, de acordo com a época a que se refere. Contudo, é importante realçar que apresenta uma visão exagerada ou deformada do acontecimento ou da personalidade que está a retratar. Assim sendo, a caricatura deverá ser analisada nas
Seguintes vertentes: "Wikipédia"

O diretório  francês  dizia  a Bonaparte,  que  a Igreja  Católica  Cristã "moderna  Babilônia" era  irreconciliável  com  a liberdade, e  por  isso  o  papa  devia ser  a vitima expiatória  dos  males  e crimes  imputados ao Clero Romano. Os  filósofos  diziam, enterramos o  ultimo  papa!  O mesmo diretório  escrevia  a Bonaparte  na Itália,  dando o seguinte   parecer.  É  preciso  impedir  que  se dê  sucessor  a Pio VI.  E  aproveitar as circunstancia,  para  estabelecer  em Roma  um  governo  representativo, e  libertar  a Europa  do  jugo  cruel  do  papado; E  diziam mais  ainda!  Que “o  desejo  do  governo  revolucionário  francês; era  o de enforcar  o  ultimo  papa com  a s  tripas  do ultimo  padre (Hist-univ- Cezar  cantu-vol 28-pgs 42, 157, 175, 235, 236.)
Os  historiadores  chegaram  a dizer,  que  esse  poder  jamais  voltaria à existência.  Mas,  não  poderia  ser assim!

O clero (figura de preto) e a nobreza (de uniforme militar) esmagam o Terceiro Estado. Na pedra suportada pelo Terceiro Estado, pode ler-se Talha impostos e corvéias. Gravura anônima de 1789.

"Wikipédia"

Pois   a  profecia  relata  que... a  sua  ferida  de  morte  seria  curada! Hizayom=Revelação  13,3"

E  ainda... a  BESTA...ERA...JA  NÃO  É...E  VIRÁ=Revelação , 17,7-11. A 1ª  fase  da  besta  que...era...vem  de  seu  poder  perseguidor  em 538  até a  sua ferida  de  morte  em 1798-9.   A  2ª  fase  que  diz ...já  não é...Conta desde  a sua  ferida  de  morte  em 1798-9  até  ao  ano  de 1929; Quando   o  então  Ditador  Mussolini  da Itália,  e o Cardeal  Gaspary "papa-pio XI; Assinaram  a concordata  reconhecendo  o  papa  que  voltou a ser considerado entre os soberanos  da  terra.  E  nesse  mesmo  ano  foi   também  assinado  o tratado  de Latrão pelo  mesmo papa  pio XI  e Mussolini,  que  dava  independência  ao Estado  do vaticano; 3º  Vol-hist-madureza  ginasial  pg 159-Heródoto  de Sousa.

Curando assim,  uma  ferida  de  longos  130  anos.  E  ao  mesmo  tempo,  tendo  inicio  a ultima  fase  da  Besta  que  diz... virá.

Os 10  países  europeus que  surgiram  da divisão  do  império romano  em 476 (era  do Mashyah).  Prestaram  um   grande  serviço  à Besta  666  durante  a idade  média,  para  essa  lutar  contra  o  Cordeiro  de Yahveh  que  tira  o pecado do  mundo,  nas  pessoas  de seus fieis seguidores.   E  outra  vez, agora  no  final  da  historia     do  mundo.  A  Igreja  católica  cristã  fará  aliança  com  os  novos 10  reinos (10 chifres) por  uma  hora  profética=15  anos.

Ou  seja,  a Igreja  de  Roma - mãe Babilônia,  juntamente com suas  filhas-igrejas evangélicas=o falso profeta. Se  unirão  e farão  guerra  contra  os  que... guardam  os  mandamentos  de Yahveh,  e tem  o  Testemunho  de Yahshuah...Gilyahna=Revelação  capítulos  12,e  17,  e  19.Através  de decretos  governamentais  de  cada  um  dos  10 países,  que  farão  essa  aliança  com  as  religiões  da  Terra. Ninguém  poderá comprar  ou  vender  coisa  alguma, senão  os que  tiverem  o  cartão  de  membro  da  igreja  católica  cristão-Besta  666,  que  no  caso  é  o  numero  da  Besta.  E  ou  o  cartão  de  membro  das Igrejas  evangélicas=imagem  da  besta,  que  é  o  sinal  da Besta.
Essa  aliança  estará  selada  quando estiver  faltando  "uma  hora profética=15  anos - para a sheni  biat  Mashyah=volta  do Mashyah!
 Ocasião  em  que  segundo  a cronologia  profética,  termina  o selamento  dos  santos  do Altíssimo. No  final  da purificação do Santuário  celeste=o  povo  santo.   Que  em acordo  com a profecia  das 2300 tardes  e manhãs  de Danyahu=Daniel  8,14, e refs. Acontecerá  no  ano  de 2043 (era  do Mashyah-ver Estudo Quando  será  o  fim?).
Segundo  dados  da  matemática  profética  será  essa  união  efetivada  no  ano  de 2028.   Portanto,  os  10  países de  maior  eminência  na época,  vão  entregar  o seu  poder  e autoridade à  Besta,  durante  esses  15  anos.  Eles  coligarão  os  seus  poderes  com  o  Vaticano, quando  então  todos  os assuntos  de importância  terão  que  receber  o  sinal  verde  da  santa Sé.
Também  a profecia  declara  que  no  final  dessa  aliança  entre  ambos-Igreja-Estado;  Os  mesmos  10  países  descobrirá   que  a  Grande  Babilônia=Mãe  e filhas, são  culpadas   e  responsabilizadas  pela  grande  miséria  do  mundo.  Já  que  elas durante  muitos séculos,  tem acumulado  para  si,  todas   as  riquezas  da  Terra, e deixando a  mercê  da  sorte e em  grande  desgraça,  milhares  de  seres  humanos!
E  da  mesma  forma  que Napoleão  Bonaparte  fez  no final  do século  18 com  a  Babilônia;  Os  10  reis  farão  com  o  sistema  religioso satânico  agora, pois  diz  a palavra  profética  que... E  eles  voltarão...e  aborrecerão  a prostituta e a porão  assolada  e  nua,  e  comerão  a  sua  carne  , e  a  queimarão  no  fogão,  porque  Yahveh  o Eterno  tem posto  em  seus  corações,  que  cumpra  o  seu  intento, e  tenha uma  mesma  idéia...até  que  se  cumpra   as  palavra  do Eterno  Yahveh...porque  numa  hora-15  anos - será  assolada  a grande  cidade-Babilonia...Igreja  católica  cristã  e Igrejas  cristãs  filhas...as  meretrizes. Gilyahna=Revelação 17, e 18.
A  Grande prostituta  Babilônia, e  as  suas filhas  meretrizes  geradoras  das  prostituições e abominações  da  Terra. Serão  juntamente   condenadas  e  queimadas  no  fogo  atômico  da  terceira  guerra  mundial=guerra  nuclear!
Porque  nela... Grande  Babilônia  mãe  e filhas...se  achou  o  sangue  dos  profetas, e dos  santos e  de  todos os  que  foram  mortos  na  terra...estando embriagada  do  sangue  dos  santos e das  testemunhas  de Yahshuah...Gilyahna (Revelação)  17,6, 
 
17,6,  e 18,24,  e  refs.

    
Em nota, Papa Bento XVI defende a criação de um governo único mundial. O Pontifício Conselho Justiça e Paz do Vaticano publicou uma nota abordando o tema da crise financeira mundial, intitulada “Para uma reforma do sistema financeiro e monetário internacional na perspectiva de uma autoridade pública de competência universal.  Nessa nota, sob argumentos humanitários, o Vaticano propõe que todos os países do mundo avancem nos estudos de estabelecer uma autoridade mundial, para assuntos financeiros e bélicos. Segundo a nota,.



Conheça a íntegra do acordo Brasil-Vaticano
Tramita em regime de urgência no plenário da Câmara mensagem presidencial que reconhece um acordo firmado ente o governo brasileiro e o Vaticano, que estabelece o estatuto jurídico da Igreja Católica no Brasil. A proposição pode ser votada a qualquer momento pelo Plenário.O …
POR CONGRESSO EM FOCO | 26/08/2009 16:10
CATEGORIA(S): 
MANCHETESNOTÍCIAS
Tramita em regime de urgência no plenário da Câmara mensagem presidencial que reconhece um acordo firmado ente o governo brasileiro e o Vaticano, que estabelece o estatuto jurídico da Igreja Católica no Brasil. A proposição pode ser votada a qualquer momento pelo Plenário.

O texto foi aprovado no último dia 12 na Comissão de Relações Exteriores por 23 votos a 7. O relator, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), entendeu que o acordo não fere a Constituição Federal. Mas, como mostrou hoje (26) o Congresso em Foco, o documento é 
alvo de críticas da Frente Parlamentar Evangélica, que acusa o governo brasileiro de privilegiar igreja e ensino do catolicismo em proposta pronta para votação. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) diz que as críticas são descabidas e pede análise isenta de deputados.

Confira a íntegra do acordo, tratado na Mensagem 134/09, encaminhada ao Congresso pelo presidente Lula.

“A República Federativa do Brasil e A Santa Sé (doravante denominadas Altas Partes Contratantes),

Considerando que a Santa Sé é a suprema autoridade da Igreja Católica, regida pelo Direito Canônico;

Considerando as relações históricas entre a Igreja Católica e o Brasil e suas respectivas responsabilidades a serviço da sociedade e do bem integral da pessoa humana;

Afirmando que as Altas Partes Contratantes são, cada uma na própria ordem, autônomas, independentes e soberanas e cooperam para a construção de uma sociedade mais justa, pacífica e fraterna;

Baseando-se, a Santa Sé, nos documentos do Concílio Vaticano II e no Código de Direito Canônico, e a República Federativa do Brasil, no seu ordenamento jurídico;

Reafirmando a adesão ao princípio, internacionalmente reconhecido, de liberdade religiosa;

Reconhecendo que a Constituição brasileira garante o livre exercício dos cultos religiosos;

Animados da intenção de fortalecer e incentivar as mútuas relações já existentes;

Convieram no seguinte:

Artigo 1º
As Altas Partes Contratantes continuarão a ser representadas, em suas relações diplomáticas, por um Núncio Apostólico acreditado junto à República Federativa do Brasil e por um Embaixador(a) do Brasil acreditado(a) junto à Santa Sé, com as imunidades e garantias asseguradas pela Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas, de 18 de abril de 1961, e demais regras internacionais.

Artigo 2º
A República Federativa do Brasil, com fundamento no direito de liberdade religiosa, reconhece à Igreja Católica o direito de desempenhar a sua missão apostólica, garantindo o exercício público de suas atividades, observado o ordenamento jurídico brasileiro.

Artigo 3º
A República Federativa do Brasil reafirma a personalidade jurídica da Igreja Católica e de todas as Instituições Eclesiásticas que possuem tal personalidade em conformidade com o direito canônico, desde que não contrarie o sistema constitucional e as leis brasileiras, tais como Conferência Episcopal, Províncias Eclesiásticas, Arquidioceses, Dioceses, Prelazias Territoriais ou Pessoais, Vicariatos e Prefeituras Apostólicas, Administrações Apostólicas, Administrações Apostólicas Pessoais, Missões Sui Iuris, Ordinariado Militar e Ordinariados para os Fiéis de Outros Ritos, Paróquias, Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica.

§ 1º. A Igreja Católica pode livremente criar, modificar ou extinguir todas as Instituições Eclesiásticas mencionadas no caput deste artigo.
§ 2º. A personalidade jurídica das Instituições Eclesiásticas será reconhecida pela República Federativa do Brasil mediante a inscrição no respectivo registro do ato de criação, nos termos da legislação brasileira, vedado ao poder público negar-lhes reconhecimento ou registro do ato de criação, devendo também ser averbadas todas as alterações por que passar o ato.

Artigo 4º
A Santa Sé declara que nenhuma circunscrição eclesiástica do Brasil dependerá de Bispo cuja sede esteja fixada em território estrangeiro.

Artigo 5º
As pessoas jurídicas eclesiásticas, reconhecidas nos termos do Artigo 3º, que, além de fins religiosos, persigam fins de assistência e solidariedade social, desenvolverão a própria atividade e gozarão de todos os direitos, imunidades, isenções e benefícios atribuídos às entidades com fins de natureza semelhante previstos no ordenamento jurídico brasileiro, desde que observados os requisitos e obrigações exigidos pela legislação brasileira.

Artigo 6º
As Altas Partes reconhecem que o patrimônio histórico, artístico e cultural da Igreja Católica, assim como os documentos custodiados nos seus arquivos e bibliotecas, constituem parte relevante do patrimônio cultural brasileiro, e continuarão a cooperar para salvaguardar, valorizar e promover a fruição dos bens, móveis e imóveis, de propriedade da Igreja Católica ou de outras pessoas jurídicas eclesiásticas, que sejam considerados pelo Brasil como parte de seu patrimônio cultural e artístico.

§ 1º. A República Federativa do Brasil, em atenção ao princípio da cooperação, reconhece que a finalidade própria dos bens eclesiásticos mencionados no caput deste artigo deve ser salvaguardada pelo ordenamento jurídico brasileiro, sem prejuízo de outras finalidades que  possam surgir da sua natureza cultural.

§ 2º. A Igreja Católica, ciente do valor do seu patrimônio cultural, compromete-se a facilitar o acesso a ele para todos os que o queiram conhecer e estudar, salvaguardadas as suas finalidades religiosas e as exigências de sua proteção e da tutela dos arquivos.

Artigo 7º
A República Federativa do Brasil assegura, nos termos do seu ordenamento jurídico, as medidas necessárias para garantir a proteção dos lugares de culto da Igreja Católica e de suas liturgias, símbolos, imagens e objetos cultuais, contra toda forma de violação, desrespeito e uso ilegítimo.

§ 1º. Nenhum edifício, dependência ou objeto afeto ao culto católico, observada a função social da propriedade e a legislação, pode ser demolido, ocupado, transportado, sujeito a obras ou destinado pelo Estado e entidades públicas a outro fim, salvo por necessidade ou utilidade pública, ou por interesse social, nos termos da Constituição brasileira.

Artigo 8º
A Igreja Católica, em vista do bem comum da sociedade brasileira, especialmente dos cidadãos mais necessitados, compromete-se, observadas as exigências da lei, a dar assistência espiritual aos fiéis internados em estabelecimentos de saúde, de assistência social, de educação ou similar, ou detidos em estabelecimento prisional ou similar, observadas as normas de cada estabelecimento, e que, por essa razão, estejam impedidos de exercer em condições normais a prática religiosa e a requeiram. A República Federativa do Brasil garante à Igreja Católica o direito de exercer este serviço, inerente à sua própria missão.

Artigo 9º
O reconhecimento recíproco de títulos e qualificações em nível de Graduação e Pós-Graduação estará sujeito, respectivamente, às exigências dos ordenamentos jurídicos brasileiro e da Santa Sé.

Artigo 10
A Igreja Católica, em atenção ao princípio de cooperação com o Estado, continuará a colocar suas instituições de ensino, em todos os níveis, a serviço da sociedade, em conformidade com seus fins e com as exigências do ordenamento jurídico brasileiro.

§ 1º. A República Federativa do Brasil reconhece à Igreja Católica o direito de constituir e administrar Seminários e outros Institutos eclesiásticos de formação e cultura.
§ 2º. O reconhecimento dos efeitos civis dos estudos, graus e títulos obtidos nos Seminários e Institutos antes mencionados é regulado pelo ordenamento jurídico brasileiro, em condição de paridade com estudos de idêntica natureza.

Artigo 11
A República Federativa do Brasil, em observância ao direito de liberdade religiosa, da diversidade cultural e da pluralidade confessional do País, respeita a importância do ensino religioso em vista da formação integral da pessoa.

§1º. O ensino religioso, católico e de outras confissões religiosas, de matrícula facultativa, constitui disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental, assegurado o respeito à diversidade cultural religiosa do Brasil, em conformidade com a Constituição e as outras leis vigentes, sem qualquer forma de discriminação.

Artigo 12
O casamento celebrado em conformidade com as leis canônicas, que atender também às exigências estabelecidas pelo direito brasileiro para contrair o casamento, produz os efeitos civis, desde que registrado no registro próprio, produzindo efeitos a partir da data de sua celebração.

§ 1º. A homologação das sentenças eclesiásticas em matéria matrimonial,
confirmadas pelo órgão de controle superior da Santa Sé, será efetuada nos termos da legislação brasileira sobre homologação de sentenças estrangeiras.

Artigo 13
É garantido o segredo do ofício sacerdotal, especialmente o da confissão sacramental.

Artigo 14
A República Federativa do Brasil declara o seu empenho na destinação de espaços a fins religiosos, que deverão ser previstos nos instrumentos de planejamento urbano a serem estabelecidos no respectivo Plano Diretor.

Artigo 15
Às pessoas jurídicas eclesiásticas, assim como ao patrimônio, renda e serviços relacionados com as suas finalidades essenciais, é reconhecida a garantia de imunidade tributária referente aos impostos, em conformidade com a Constituição brasileira.

§ 1º. Para fins tributários, as pessoas jurídicas da Igreja Católica que exerçam atividade social e educacional sem finalidade lucrativa receberão o mesmo tratamento e benefícios outorgados às entidades filantrópicas reconhecidas pelo ordenamento jurídico brasileiro, inclusive, em termos de requisitos e obrigações exigidos para fins de imunidade e isenção.

Artigo 16
Dado o caráter peculiar religioso e beneficente da Igreja Católica e de suas instituições:
I – O vínculo entre os ministros ordenados ou fiéis consagrados mediante votos e as Dioceses ou Institutos Religiosos e equiparados é de caráter religioso e portanto, observado o disposto na legislação trabalhista brasileira, não gera, por si mesmo, vínculo empregatício, a não ser que seja provado o desvirtuamento da instituição eclesiástica.

II -As tarefas de índole apostólica, pastoral, litúrgica, catequética, assistencial, de promoção humana e semelhantes poderão ser realizadas a título voluntário, observado o disposto na legislação trabalhista brasileira.

Artigo 17
Os Bispos, no exercício de seu ministério pastoral, poderão convidar sacerdotes, membros de institutos religiosos e leigos, que não tenham nacionalidade brasileira, para servir no território de suas dioceses, e pedir às autoridades brasileiras, em nome deles, a concessão do visto para exercer atividade pastoral no Brasil.

§ 1º. Em conseqüência do pedido formal do Bispo, de acordo com o ordenamento jurídico brasileiro, poderá ser concedido o visto permanente ou temporário, conforme o caso, pelos motivos acima expostos.

Artigo 18
O presente acordo poderá ser complementado por ajustes concluídos entre as Altas Partes Contratantes.

§ 1º. Órgãos do Governo brasileiro, no âmbito de suas respectivas competências e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, devidamente autorizada pela Santa Sé, poderão celebrar convênio sobre matérias específicas, para implementação do presente Acordo.

Artigo 19
Quaisquer divergências na aplicação ou interpretação do presente acordo serão resolvidas por negociações diplomáticas diretas.

Artigo 20
O presente acordo entrará em vigor na data da troca dos instrumentos de ratificação, ressalvadas as situações jurídicas existentes e constituídas ao abrigo do Decreto nº 119-A, de 7 de janeiro de 1890 e do Acordo entre a República Federativa do Brasil e a Santa Sé sobre Assistência Religiosa às Forças Armadas, de 23 de outubro de 1989.”
A mensagem enviada ao Congresso é acompanhada de um texto encaminhado pelo secretário-geral do Itamaraty, embaixador Samuel Pinheiro, em que ele expõe um histórico do acordo e as alegações para o reconhecimento do documento pelo governo brasileiro. Confira:

“Brasília, 12 de dezembro de 2008.

Excelentíssimo Senhor Presidente da República,

Submeto à elevada consideração de Vossa Excelência, com vistas ao encaminhamento ao Congresso Nacional, o Acordo entre a República Federativa do Brasil e a Santa Sé relativo ao Estatuto Jurídico da Igreja Católica no Brasil, assinado na Cidade-Estado do Vaticano, em 13 de novembro de 2008.

2. Recordo que a proposta de celebração do referido Acordo foi enviada a Vossa Excelência pelo Secretário de Estado da Santa Sé, Cardeal Tarcisio Bertone, por carta de 26 de setembro de 2006. Após o recebimento da proposta, foram iniciadas consultas com diferentes áreas do Governo sobre o Acordo. Sob a coordenação do Itamaraty, foram realizadas reuniões de coordenação para avaliação do texto, com a participação de representantes das seguintes áreas do Governo: Casa Civil (Subchefia de Assuntos Jurídicos); Ministério da Justiça (Secretaria de Assuntos Legislativos e FUNAI); Ministério da Defesa; Ministério da Fazenda (incluindo a Secretaria da Receita Federal); Ministério da Educação; Ministério da Cultura; Ministério do Trabalho e Emprego; Ministério da Previdência Social; Ministério das Cidades; Ministério da Saúde.

3. Em 30 de março de 2007 o Ministério das Relações Exteriores apresentou ao Núncio Apostólico em Brasília a contraproposta do Governo brasileiro ao referido texto, com vistas a sua eventual assinatura por ocasião da visita ao Brasil do Papa Bento XVI, em maio de 2007. A contraproposta brasileira, além de adequação da linguagem jurídica noque se refere às relações do Brasil com a Santa Sé e com a Igreja Católica, continha poucas modificações substanciais ao texto proposto pela Santa Sé.

4. Somente em 13 de setembro de 2007, a Nunciatura Apostólica em Brasília apresentou ao Itamaraty a reação da Santa Sé ao texto proposto em 30 de março daquele ano. A nova proposta então apresentada foi objeto de reuniões de avaliação, coordenadas pelo Itamaraty, com a participação das áreas do Governo já acima mencionadas. Concluído esse processo, o Ministério das Relações Exteriores elaborou novo texto refletindo os pareceres e notas técnicas das diferentes áreas do Governo e o submeteu à aprovação dos respectivos Ministros, por Aviso de 13 de agosto de 2008, com o pedido de parecer final sobre o referido texto, com vistas a sua assinatura por ocasião da visita de Vossa Excelência à Cidade-Estado do Vaticano, para audiência com o Papa Bento XVI, em 13
novembro de 2008.

5. Em 24 de outubro de 2008, realizou-se, na Casa Civil da Presidência da República, reunião com vistas à finalização do texto da contraproposta do Governo brasileiro. Em 25 de outubro, foi entregue ao Núncio Apostólico em Brasília o texto concluído, ocasião em que foram explicadas, ponto por ponto, as posições da parte brasileira. A referida proposta foi oficialmente encaminhada à Santa Sé em 28 de outubro, por Nota Verbal à Nunciatura Apostólica no Brasil. Em 10 de novembro de 2008, a Nunciatura Apostólica comunicou, por meio de Nota Verbal, que a Santa Sé aceitou integralmente a contraproposta brasileira para o Acordo (em anexo), que foi assinado, do lado brasileiro, por mim e, do lado da Santa Sé, pelo Secretário para Relações com os Estados, Monsenhor Dominique Mamberti, em 13 de novembro de 2008, na Cidade do Vaticano.

6. O Brasil é o país que abriga a maior população católica do mundo e era o único que não dispunha de acordo sobre a presença da Igreja Católica em seu território. Desde o estabelecimento de relações diplomáticas com a Santa Sé, em 1826, há apenas dois acordos em vigor: Acordo Administrativo para troca de Correspondência diplomática, de 1935, e o Acordo sobre o Estabelecimento do Ordinariado Militar e Nomeação de Capelães Militares, de 1989.

7. O objetivo do presente Acordo é consolidar, em um único instrumento jurídico, diversos aspectos da relação do Brasil com a Santa Sé e da presença da Igreja Católica no Brasil, já contemplados na Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas, na Constituição Federal e em demais leis que configuram o ordenamento jurídico brasileiro. As diretrizes centrais seguidas pelas autoridades brasileiras na negociação do Acordo com a Santa Sé foram a preservação das disposições da Constituição e da legislação ordinária sobre o caráter laico do Estado brasileiro, a liberdade religiosa e o tratamento eqüitativo dos direitos e deveres das instituições religiosas legalmente estabelecidas no Brasil. Cabe ressaltar que o estabelecimento de acordo com entidade religiosa foi possível neste caso, por possuir, a Santa Sé, personalidade jurídica de Direito Internacional Público.

8. Apresento, a seguir, resumo do conteúdo de cada artigo do Acordo:

Art. 1 – dispõe sobre a representação diplomática do Brasil e da Santa Sé, nos termos da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas;

Art. 2 – o Brasil reconhece à Igreja Católica o direito de desempenhar sua missão apostólica;

Art. 3 – o Brasil reconhece a personalidade jurídica das Instituições Eclesiásticas mediante inscrição no registro pertinente do ato de criação, nos termos da legislação brasileira;

Art. 4 – a Santa Sé garante que a sede dos Bispados estará sempre em território brasileiro;

Art. 5 – dispõe que os direitos, imunidades, isenções e benefícios das pessoas jurídicas eclesiásticas que prestam também assistência social serão iguais aos das entidades com fins semelhantes, conforme previstos no ordenamento jurídico brasileiro;

Arts. 6 e 7 – dispõem sobre o patrimônio histórico e cultural da Igreja Católica no Brasil, assegurando a proteção dos lugares de culto e a cooperação entre Igreja e Estado com vistas a salvaguardar e valorizar esse patrimônio (incluindo documentos em arquivos e bibliotecas), bem como facilitar o acesso a todos que queiram conhecê-lo e estudá-lo;

Art. 8 – o Brasil assegura a prestação de assistência espiritual pela Igreja a fiéis internados em estabelecimentos de saúde ou prisional que a solicitarem, observadas as normas das respectivas instituições;

Arts. 9,10 e 11 – dispõem sobre temas relacionados à educação: garante à Igreja o direito de constituir e administrar Seminários e outros Institutos eclesiásticos; estipula que o reconhecimento recíproco de títulos e qualificações em nível de Graduação e Pós-Graduação estará sujeito às respectivas legislações e normas; e dispõe sobre o ensino religioso de matrícula facultativa nas escolas públicas de ensino fundamental, sem discriminar as diferentes confissões religiosas praticadas no Brasil;

Art. 12 – estabelece que a homologação de sentenças eclesiásticas em matéria matrimonial será efetuada nos termos da legislação brasileira sobre a matéria;

Art. 13 – é garantido aos Bispos da Igreja Católica manter o segredo do ofício sacerdotal;

Art. 14 – o Brasil declara seu empenho em destinar espaços para fins religiosos no planejamento urbano no contexto do plano diretor das idades;

Art. 15 – dispõe sobre o reconhecimento pelo Brasil da imunidade tributária referente aos impostos das pessoas jurídicas eclesiásticas e garante às pessoas jurídicas da Igreja que exercem atividades sociais e educacionais sem fins lucrativos os mesmos benefícios;

Art. 16 – trata do caráter religioso das relações entre os ministros ordenados e fiéis consagrados e as Dioceses ou Institutos Religiosos as quais, observado o disposto na legislação trabalhista brasileira, não geram vínculo empregatício, a não ser que comprovado o desvirtuamento da função religiosa da Instituição;

Art. 17 – trata da concessão de visto permanente ou temporário para sacerdotes, membros de institutos religiosos e leigos, que venham exercer atividade pastoral no Brasil, nos termos da legislação brasileira sobre a matéria.

9. Com vistas ao encaminhamento do texto à apreciação do Poder Legislativo, conforme prevê o inciso VIII do artigo 84 da Constituição Federal, submeto a Vossa Excelência projeto de Mensagem ao Congresso Nacional, juntamente com cópias do Acordo.

Respeitosamente,
Samuel Pinheiro Guimarães Neto
Secretário-geral do Itamaraty”

Leia ainda:

Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU): um plano para a escravização global da humanidade sob os pés das grandes corporações

Esse artigo faz referência ao documento “Agenda 2030 da ONU”, que visa implementar o “desenvolvimento sustentável” em todo o mundo.
Esse documento descreve nada menos do que a usurpação da soberania de todas as nações do planeta por um governo global. Os “objetivos” deste documento não são mais do que palavras codificadas para uma agenda fascista de um governo corporativo que aprisionará a humanidade em um ciclo de pobreza devastador, enquanto enriquece as corporações globalistas mundiais mais poderosas do mundo, como a Monsanto e a DuPont.
No intuito de ajudar a despertar a humanidade, resolvi descodificar os 17 pontos da Agenda 2030 para que todos os leitores possam entender o que esse documento realmente está reivindicando. Para conseguir entendê-lo, você precisa compreender como os globalistas disfarçam suas agendas monopolistas numa linguagem “amistosa”.
Aqui está a decodificação ponto-a-ponto. Observe cuidadosamente que em nenhuma parte esse documento afirma que “alcançar a liberdade humana” é um de seus objetivos. Também não explica COMO esses objetivos serão alcançados. Como você verá aqui, cada ponto desta agenda da ONU é para ser concretizado através do controle governamental centralizado e de regimes totalitáriosque se assemelham ao comunismo.

Decodificação da “Agenda 2030 da ONU: modelo para um governo globalista” da ONU (controlado por interesses corporativos)
Objetivo 1: Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.
Decodificação: Colocar todos no sistema de previdência do governo, dê vale-refeição, subsídios à habitação e doações que os tornem escravos obedientes ao governo global. Nunca permita mobilidade para a ascensão social das pessoas. Em vez disso, ensine a vitimização em massa e a obediência a um governo que ofereça “mesadas” para necessidades básicas como alimentos e remédios. Rotule isso como “combate à pobreza”.
Objetivo 2: Acabar com a fome, alcançar segurança alimentar e melhoria da nutrição, e promover a agricultura sustentável.
Decodificação: Invadir todo o planeta com alimentos transgênicos e as sementes patenteadas da Monsanto, enquanto há aumento do uso de herbicidas mortais sob a falsa alegação de “aumento da produtividade” de culturas alimentares. Projetar plantas geneticamente modificadas para impulsionar produtos químicos vitamínicos específicos, sem ter idéia das consequências a longo prazo da contaminação genética ou de experimentos genéticos entre espécies realizados abertamente em um ecossistema frágil.
Objetivo 3: Garantir uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.
DecodificaçãoAutorizar mais de 100 vacinações obrigatórias para todas as crianças e adultos, ameaçando os pais com detenção e prisão caso se recusem a cooperar. Obrigar o uso intenso de medicação em crianças e adolescentes, enquanto programas de “diagnóstico” são executados. Chame a medicação em massa de programas de “prevenção” e afirme que ela melhora a saúde dos cidadãos.
Objetivo 4: Garantir educação inclusiva, equitativade qualidade e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.
Decodificação: Empurrar uma história falsa e uma educação abaixo dos padrões, ou seja, de “base comum,” que produza trabalhadores obedientes ao invés de pensadores independentes. Nunca deixar as pessoas aprenderem a história realsenão elas podem perceber que não querem repeti-la.
Objetivo 5: Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas
Decodificação: Criminalizar o Cristianismo, marginalizar a heterossexualidade, demonizar os homens e promover a agenda LGBT em todos os lugares. O objetivo real nunca é “igualdade” mas a marginalização e a humilhação de qualquer pessoa que expresse qualquer característica masculina. O objetivo final é feminizar a sociedade, criando ampla aceitação da “obediência gentil” junto com as idéias fragilizantes de propriedade comunitária e “compartilhamento” de tudo. Tendo em vista que apenas a energia masculina possui a força para se levantar contra a opressão e a lutar pelos direitos humanos, a supressão da energia masculina é fundamental para manter a população em um estado de conformação eterna.
Objetivo 6: Garantir disponibilidade e gerenciamento sustentável de água e saneamento para todos
Decodificação: Permitir que empresas poderosas aproveitem o controle dos suprimentos de água do mundo e cobrem preços monopolistas para “construir novas infra-estruturas de entrega de água” que “garanta disponibilidade”.
Objetivo 7: Garantir acesso a energia barata, confiável, sustentável e moderna para todos.
DecodificaçãoCoibir o carvão, o gás e o petróleo enquanto exige os subsídios de energia “verde” condenada ao fracasso para startups encabeçadas por amigos da Casa Branca que irão falir em cinco anos ou menos. As startups verdes fazem discursos impressionantes e tem cobertura de mídia, mas porque essas empresas são lideradas por idiotas corruptos em vez de empresários capazes, elas sempre irão à falência. (E a mídia espera que você não se lembre de toda a fanfarra que rodeou seu lançamento original.)
Objetivo 8: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.
Decodificação: Regular os pequenos negócios de forma a serem extintos pelos salários mínimos exigido pelo governo, que levará à falência todos os setores da economia. Forçar os empregadores a cumprir quotas de contratação de trabalhadores LGBT, e ao mesmo tempo, exigir níveis salariais sob uma economia de trabalho com planejamento central, ditada pelo governo. Destruir aeconomia de livre mercado e negar alvarás e licenças para as empresas que não obedeçam aos ditames governamentais.
Objetivo 9: Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.
Decodificação: Colocar as nações em dívida extrema com o Banco Mundial, gastando dinheiro da dívida para contratar empresas americanas corruptas para construir projetos de infraestrutura em larga escala que prendam os países em desenvolvimento em um ciclo de dívida sem fim. Veja o livro Confessions of a Economic Hit Man, de John Perkins, para entender os detalhes de como esse esquema foi repetido inúmeras vezes nas últimas décadas.
Objetivo 10: Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.
Decodificação: Punir os ricos, os empresários e os inovadores, confiscando quase todos os ganhos daqueles que optam por trabalhar e se destacar. Redistribuir a riqueza confiscada para as massas não trabalhadoras de parasitas humanos, que se alimentam de uma economia produtiva, enquanto não contribuem com nada (…) tudo isso feito aos gritos por “igualdade”.
Objetivo 11: Tornar as cidades e assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.
Decodificação: Proibir o porte de armas para os cidadãos, concentrando armas nas mãos de agentes governamentais obedientes que dominam uma classe desarmada e escravizada de trabalhadores empobrecidos. Criminalizar a moradia na maioria das áreas rurais através da criação de “áreas protegidas” no estilo Jogos Vorazes, as quais o governo alegará ser de propriedade do “Povo”, mesmo que nenhuma pessoa possa viver lá. Forçar todos as pessoas a ir para as cidades densamente povoadas, fortemente controladas, onde estarão sob vigilância 24 horas por dia e sujeitas a fácil manipulação pelo governo.
Objetivo 12: Garantir padrões de consumo e produção sustentáveis.
Decodificação: Começar a cobrar impostos punitivos sobre o consumo de combustíveis fósseis e eletricidade, forçando as pessoas a viverem em condições precárias que se assemelham cada vez mais às condições do Terceiro Mundo. Usar campanhas de persuasão social na TV, filmes e mídias sociais para envergonhar as pessoas que usam gasolina, água ou eletricidade, estabelecendo uma construção social de bobos e fofoqueiros que denunciam seus vizinhos em troca de recompensas de crédito alimentar.
Objetivo 13: Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.
Decodificação: Definir quotas de consumo de energia para cada ser humano e começar a punir ou mesmo a criminalizar “escolhas de estilo de vida” que excedam os limites de uso de energia estabelecidos pelos governos. Instituir a vigilância total dos indivíduos para acompanhar e calcular o consumo de energia. Penalizar a propriedade privada de veículo e forçar as massas para o transporte público, onde os trogloditas da TSA[1] e as câmeras de reconhecimento facial podem monitorar e registrar o movimento de cada pessoa na sociedade, como uma cena tirada diretamente do filme Minority Report.
Objetivo 14: Conservar e usar de forma sustentável os oceanos, os mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.
Decodificação: Proibir a maior parte da pesca oceânica, diminuir o abastecimento de alimentos até a escassez extrema e causar inflação desenfreada no preços dos alimentos, o que coloca ainda mais as pessoas em desespero econômico. Criminalizar a operação de embarcações pesqueiras privadas e colocar todas as operações de pesca oceânica sob o controle do planejamento central do governo. Permitir apenas que corporações favorecidas ocnduzam operações de pesca oceânica (e tomar essa decisão com base inteiramente em quais empresas dão a maioria das “doações” à campanha dos legisladores corruptos).
Objetivo 15: Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerenciar de forma sustentável florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade.
Decodificação: Implantar a Agenda 21 e forçar os humanos a saírem do campo e migrar para as cidades controladas. Criminalizar a propriedade privada da terra, incluindo fazendas e trechos agrícolas. Controlar rigorosamente toda a agricultura através de um governo burocrático e corrupto, cujas políticas são determinadas quase inteiramente pela Monsanto, sendo certificadas pelo USDA[2]. Proibir fogões a lenha, coleta de águas pluviais e jardinagem doméstica para criminalizar a autonomia e forçar a dependência total ao governo.
Objetivo 16: Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar acesso à justiça para todos e criar instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.
Decodificação: Conceder imunidade legal a estrangeiros ilegais e grupos minoritários “protegidos”, os quais serão livres para se envolver em qualquer atividade ilegal – incluindo chamada aberta para o assassinato em massa de policiais – porque eles são a nova classe protegida na sociedade. “Instituições inclusivas” significa conceder estruturas fiscais favoráveis e subsídios governamentais a empresas que contratem trabalhadores LGBT ou de quaisquer grupos que estejam a favor dos planejadores centrais no governo. Usar o IRS[3] e outras agências federais para punir seletivamente os grupos desfavoráveis com auditorias punitivas e assédio regulatório, ignorando as atividades criminosas das corporações favorecidas que são amigas da elite política.
Objetivo 17: Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.
Decodificação: Aprovar leis de comércio global que anulem as leis nacionais, e ao mesmo tempo, concedem poderes imperialistas irrestritos a empresas como Monsanto, Dow Chemical, RJ Reynolds, Coca-Cola e Merck. Aprovar pactos de comércio global que ignorem os legisladores de uma nação e anulem leis de propriedade intelectual para garantir que as corporações mais poderosas do mundo mantenham monopólios totais sobre drogas, sementes, produtos químicos e tecnologia. Anular as leis nacionais e exigir total obediência global aos acordos comerciais criados por corporações poderosas e certificadas pela ONU.
Escravidão total do planeta até 2030
Como diz o documento da ONU, “Comprometemos-nos a trabalhar incansavelmente para a plena implementação desta Agenda até 2030.”
Se você ler o documento completo e puder ir além do apêndice e frases de relações públicas, você perceberá rapidamente que esta agenda da ONU será forçada a todos os cidadãos do mundo através da invocação da coerção do governo. Em nenhum lugar este documento afirma que os direitos do indivíduo serão protegidos. Também não reconhece a existência de direitos humanos concedidos aos indivíduos pelo Criador. Mesmo a chamada “Declaração Universal dos Direitos Humanos” nega totalmente aos indivíduos o direito à autodefesa, o direito à escolha médica e o direito ao controle parental sobre seus próprios filhos.
A ONU está planejando nada menos do que uma tirania de governo global que escraviza toda a humanidade enquanto chama o esquema de “desenvolvimento sustentável” e “igualdade”.
1984 chegou, finalmente. E é claro que tudo está sendo desenvolvido sob o rótulo fraudulento do “progresso”.


EM CONSTRUÇÃO...



ivonil  ferreira de carvalho-jatai-go-Brasil-literaturas  vitorias de  um principe.